Esporte

Técnico de McGregor não quer atleta de volta aos penas: "O que vão fazer?"

23/08/2016 12h44

John Kavanagh é o técnico principal de Conor McGregor - Reprodução

John Kavanagh é o técnico principal de Conor McGregor – Reprodução

Quando Conor McGregor decidiu subir de categoria para enfrentar Nate Diaz  ele foi criticado por algumas pessoas. John Kavanagh, seu treinador, incentivou e ainda acha que o irlandês deva continuar atuando entre os mais pesados. E, mesmo diante da ameaça do UFC em retirar o seu cinturão do pesos-penas (66 kg), o campeão resolveu desdenhar de José Aldo, dono do título interino, e dizer que um duelo com ele não o motiva.

Em entrevista ao podcast americano ‘MMA Hour’, Kavanagh revelou que não concorda com a participação do seu pupilo na categoria dos penas. Para ele, McGregor podendo lutar com mais peso e participar de competições com atletas mais leves é algo que deveria ser considerado traição.

“Eu não consigo enxergar propósito nisso. Com todo respeito aos caras que lutam nos penas, especialmente depois da luta com o Nate, o que eles vão fazer? O que qualquer pessoa pode fazer? Eu acho que com qualquer pessoa que ele lutar naquela divisão, é como se ele estivesse trapaceando com todo o poder que ele tem. Ele pode bater o peso, isso não tenho dúvidas. E ele vai fazer só para me provocar”, revelou.

Conor McGregor ganhou o cinturão dos penas após vencer José Aldo em dezembro de 2015. Desde então ele não fez mais nenhuma luta com 66 quilos. Isso provocou reclamações do brasileiro que quer a revanche e a unificação do seu cinturão. Dana White decretou então que Conor deveria defender seu título logo após a revanche contra Nate Diaz, caso contrário ele perderia seu cinturão.

Conor enfrentou e venceu a revanche contra Nate Diaz por decisão dos juízes. A luta encabeçou os duelos do UFC 202, que aconteceu no último sábado (20), em Las Vegas, nos Estados Unidos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo