Topo

Esporte

USADA promete investigar Nate Diaz por uso de maconha em coletiva do UFC

23/08/2016 10h35

Nate Diaz tirou onda durante coletiva de imprensa - Rigel Salazar

Nate Diaz tirou onda durante coletiva de imprensa – Rigel Salazar

Nate Diaz pode acabar tendo problemas com a USADA (agência norte-americana antidoping). Logo após sua derrota para Conor McGregor por decisão majoritária no UFC 202, no último sábado (20), o americano apareceu para a coletiva de imprensa com um vaporizador eletrônico que continha óleo de cannabis medicinal.

“É CBD. Isso ajuda com o processo de recuperação e inflamação, coisas assim. Então, se você fizer isso antes e depois das lutas, treinando, isso fará a sua vida melhor”, explicou Nate durante a coletiva.

Apesar de a droga ser considerada de uso recreativo pela USADA, o site do órgão deixa claro que só é permitido o seu consumo em período de 12 horas antes ou depois de um evento. Ou seja, Diaz ainda estaria proibido de utilizar o cigarro eletrônico naquele instante.

De acordo com o site ‘MMA Fighting’, a USADA investigará a situação com o lutador americano e promete tomar as devidas precauções para que o caso tenha um julgamento, se necessário.

“Eu posso confirmar que a USADA está ciente da situação e agora está colhendo informações para determinar apropriadamente os próximos passos”, afirmou Ryan Madden, porta-voz da entidade.

Nate Diaz nunca escondeu que faz uso recreativo de maconha. A substância é permitida no estado de Nevada, onde ocorreu o UFC 202, para uso de cannabis medicinal. O remédio pode ser encontrado em farmácias licenciadas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte