Esporte

Demian Maia critica superlutas do UFC: "O show ganha, o esporte perde"

Ag. Fight

24/08/2016 06h00

Demian Maia enfrentará Carlos Condit no UFC On Fox 21 - Felipe Castello Branco

Demian Maia enfrentará Carlos Condit no UFC On Fox 21 – Felipe Castello Branco

Cada vez mais frequentes, as superlutas e as chamadas ‘money fights’ vêm se tornando um grande trunfo do Ultimate. Não é raro vermos atletas correndo atrás de duelos que lhe renderão uma boa bolsa ao invés de buscar uma chance de disputar um cinturão. Contudo, se por um lado o show ganha, por outro, o esporte perde. Pelo menos é dessa forma que enxerga Demian Maia, veterano da organização. Aos 38 anos de idade, o paulista, que acompanhou a evolução do MMA, sabe muito bem como funciona esse mercado. E, por isso, o atleta faz um alerta importante: se as companhias passarem a priorizar o show, o esporte não vai durar por muito mais tempo.

Em conversa com a reportagem da Ag. Fight, Demian analisou os rumos que o MMA está tomando nos últimos tempos e criticou o casamento de superlutas que visam somente o lucro financeiro. De acordo com o paulista, os combates deveriam ser estabelecidos com base em merecimento – assim como em todos os outros esportes – e não nos interesses monetários da companhia ou na vontade do público.

“Eu acho que, se o esporte quiser se tornar sustentável e o MMA continuar crescendo nos próximos 100 anos, as organizações terão que tomar o lado do esporte. Isso é histórico. Em qualquer esporte, não interessa quem joga bonito ou feio ou quem o público gosta de ver. Quem vai para a final é quem está ganhando. E o público gosta disso, os fãs querem ver o vencedor, querem ver o campeão. Acho que se começar a ir muito para o lado do show, o esporte vai durar pouco tempo e vai acabar. Não acredito que esse seja o caminho”, explicou o atual número 4 da divisão dos meio-médios (77 kg) do Ultimate.

Diferentemente de outros atletas, Demian deixou claro que dinheiro não é a sua prioridade no esporte. Segundo o paulista, o seu objetivo no UFC é conquistar o cinturão a todo custo, tanto que garantiu estar disposto a abrir mão de um gordo salário para alcançar seu objetivo.

“O meu princípio é que eu entrei nesse esporte para ser o melhor do mundo. Eu trabalho todo dia, desde moleque, para alcançar esse objetivo. Então, o meu prazer em lutar é para poder disputar o título. Para mim, o dinheiro não está em primeiro lugar. De jeito nenhum. Eu posso ganhar muito menos, mas se eu for campeão eu estarei feliz”, declarou.

Após derrotar Matt Brown em maio passado, Demian pediu, ainda dentro do octógono, por um title-shot e fez campanha para que seus fãs o ajudassem a conseguir o desafio nas redes sociais. Apesar dos apelos, o Ultimate escalou Stephen Thompson para lutar pelo cinturão e o brasileiro foi designado a enfrentar Carlos Condit. Mesmo assim, o paulista ainda não desistiu do seu objetivo e garantiu que espera conseguir o desafio em caso de vitória sobre o americano.

“Eu queria o title-shot, mas eu sei o quanto essa categoria está embolada. Não vou dizer que não fiquei frustrado, mas a partir do momento em que eles me chamaram e falaram da luta contra o Condit, eu virei a chave e me foquei no que importa agora: fazer um bom camp e ganhar essa luta. Até porque não adianta eu ficar esperando o título e chorando e reclamando se eu não passar por essa luta. Então, eu espero que passando por esse combate eu consiga a minha chance”, afirmou.

No próximo sábado (27), Demian Maia enfrentará Carlos Condit na luta principal do UFC On Fox 21, evento que será realizado em Vancouver (Canadá). Exímio lutador de jiu-jitsu com diversos títulos na carreira, o paulista coleciona um cartel com 23 vitórias e seis derrotas no MMA.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo