Topo

Esporte

'Pitbull' lamenta lesão em luta contra Bendo: "Ia começar a bater"

27/08/2016 16h03

Patrício Pitbull lamentou a lesão através do Instagram - Reprodução

Patrício Pitbull lamentou a lesão através do Instagram – Reprodução

O Bellator 160, realizado na noite de sexta-feira (26), terminou de maneira triste para os brasileiros. Patrício ‘Pitbull’ machucou a perna durante a luta principal da noite e acabou tendo que desistir do duelo com Benson Henderson, ex-campeão dos leves (70 kg) do UFC, no segundo assalto.

Através da sua conta no Facebook, Jorge Guimarães, empresário do lutador, mostrou um raio-x e informou que ele fraturou a fíbula da perna direita. Em contato com a Ag. Fight, Patrício informou que a primeira análise médica foi divergente e ele deve voltar ao Brasil para ter a noção exata de quanto tempo terá que ficar afastado dos cages.

“Um médico falou de quatro a seis meses e o outro falou seis semanas. Chegando no Brasil eu terei uma certeza melhor, mas o ortopedista mesmo falou seis semanas sem colocar o pé no chão. Faz parte do trabalho, infelizmente tive que encerrar o combate. Não conseguia mais andar. (A perna) está imobilizada, doendo um bocado (risos). Estou andando de muletas”, afirmou o lutador.

Em sua conta no Instagram, Pitbull lamentou a lesão principalmente por acreditar que estava vencendo. Na conversa com a Ag. Fight, ele explicou melhor o que estava sentindo dentro do cage.

“Eu ia começar a bater nele. Já tinha achado a distância e percebido que ele não iria me achar na luta”, lamentou.

A lesão obrigou Pitbull a desistir da luta no segundo assalto. Foi a primeira vitória de Benson Henderson no Bellator. Agora, o americano ganhará a chance de lutar contra Michael Chandler, atual campeão dos leves da organização.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte