Esporte

Michael Johnson nocauteia e acaba com sequência de vitórias de Poirier no UFC

18/09/2016 01h40

Sem muito apelo para o grande público, o UFC Hidalgo, realizado neste sábado (17), contou com bons casamentos de lutas e interessantes embates que agitaram o ranking de algumas categorias do evento. A começar pela luta principal, que envolvia Dustin Poirier e Michael Johnson, dois top 10 dos pesos-leves (70 kg). E melhor para o atleta da academia Blackzilians.

Com os nervos a flor da pele desde a pesagem, Poirier pareceu afoito e se precipitou ao encurtar a distância com o explosivo riva, que conectou um forte cruzado de esquerda no primeiro round logo após os movimentos iniciais. Ao cair sem reação, o então favorito para a disputa recebeu mais alguns golpes antes da disputa ser interrompida.

Com a derrota, Poirier deu adeus à sequência de quatro vitórias na divisão enquanto que seu oponente voltou a vencer após duas derrotas seguidas na organização.

Por pouco

O veterano Roan ‘Jucão’ não deu show, mas levou mais uma vitória para casa. Diante do americano Kenny Rovertson, o brasileiro demonstrou cansaço desde a segunda metade do assalto inicial e caiu de rendimento ao mesmo tempo em que o rival apresentava pouca variedade de golpes, sempre andando para frente com combinações simples na trocação. Resultado: luta monótona e vencida no detalhe.

Melhor no começo no primeiro round e no final do segundo, quando levou o combate para o chão e mostrou melhor técnica, Jucão levou a melhor na decisão dividida diante de um público que por vezes vaiou os atletas. Com o resultado, o veterano de 38 anos se recupera da derrota em sua última apresentação e ganha uma sobrevida no octógono mais famoso do mundo.

Vitória-relâmpago

Chas Skelly e Maximo Blanco abriram o card principal do UFC Hidalgo dispostos a darem show. Tanto que com tanta agressividade de ambos atletas a disputa durou apenas 20 segundos. Sem pensar duas vez, o americano mergulho com uma voadora no peito do rival ao mesmo tempo em que ele tentava dar um chute alto.

Desequilibrado, o estreante venezuelano tentou um single leg prontamente defendido com um triângulo de mão que deu fim à disputa e garantiu a alegria dos fãs, ávidos por lutas movimentadas. “Eu quero o bônus de performance da noite”, gritou Skelly após o triunfo.

Confira os resultados do UFC Hidalgo:

Michael Johnson nocauteou Dustin Poirier no 1º round;
Derek Brunson nocauteou Uriah Hall no 1º round;
Evan Dunham venceu Rick Glenn por decisão unânime;
Roan ‘Jucão’ Carneiro venceu Kenny Robertson por decisão dividida;
Islam Makhachev venceu Chris Wade por decisão unânime;
Chas Skelly finalizou Maximo Blanco no 1º round;
Gabriel Benítez finalizou Sam Sicilia no 2º round.
Belal Muhammad nocauteou Augusto Montaño no 3º round;
Antônio ‘Cara de Sapato’ finalizou Leonardo ‘Leleco’ no 3ª round;
José Quiñonez venceu Joey Gomez por decisão unânime;
Randy Brown finalizou Erick Montaño no 3º round;
Alejandro Pérez e Albert Morales empataram por decisão majoritária.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo