Esporte

Renan Barão faz jogo seguro e volta a vencer no UFC

Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images
Imagem: Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

25/09/2016 01h37

Renan ‘Barão’ voltou a trilhar o caminho da vitória na madrugada deste sábado (24) para domingo. Após sofrer duas derrotas seguidas pela primeira vez na carreira, o atleta da Nova União venceu Phillipe Nover na segunda luta mais aguardada do UFC Brasília. Foi o primeiro triunfo do ex-campeão dos galos (61 kg) em sua nova categoria, a dos penas (66 kg).

“Estou muito feliz. Preciso melhorar bastante, mas estou me dedicando todo dia. Vou focar em melhorar ainda mais. Não escolho adversário, estou aqui para lutar. Estou preparado para mostrar meu trabalho”, disse o brasileiro ainda dentro do octógono.

Com o triunfo, Barão chega a 34 vitórias como atleta profissional. Desde que perdeu seu cinturão do Ultimate, em maio de 2014, o brasileiro havia vencido apenas uma luta. portanto, o resultado foi de grande importância para o potiguar.

A luta

O round inicial foi bastante equilibrado. Após os dois atletas se estudarem no começo, ambos trocaram golpes em pé e ninguém chegou a abrir clara vantagem. No assalto seguinte, Barão voltou mais agressivo. Se movimentando bem e sempre caminhando para frente, o brasileiro teve seu melhor momento quando acertou uma joelhada voadora no oponente. Nos segundos finais o potiguar ainda conseguiu uma queda para sacramentar sua vantagem.

No terceiro e último round, Barão pareceu sentir um pouco o cansaço. Ainda assim, o brasuca utilizou a tática certa e conseguiu duas quedas importantes que ajudaram a equilibrar as ações diante do americano que parecia mais inteiro. A decisão dos árbitros laterais foi unânime para o potiguar (29/28 – 29/28 – 30/27).

CARD PRINCIPAL

Cris Cyborg venceu Lina Lansberg por nocaute no segundo round
Renan Barão venceu Phillipe Nover por decisão unânime dos juízes laterais;
Roy Nelson venceu Antônio 'Pezão' por nocaute no segundo round;
Francisco ‘Massaranduba’ venceu Paul Felder por nocaute técnico (interrupção médica) no terceiro round;
Eric Spicely venceu Thiago ‘Marreta’ por finalização (mata-leão) no primeiro round;
Godofredo Pepey venceu Mike De La Torre por finalização (mata-leão) no primeiro round.

CARD PRELIMINAR

Michel ‘Trator’ venceu Gilbert ‘Durinho’ por decisão unânime dos juízes laterais;
Rani Yahya venceu Michinori Tanaka por decisão unânime dos juízes laterais;
Jussier ‘Formiga’ venceu Dustin Ortiz por decisão unânime dos juízes laterais;
Erick Silva venceu Luan Chagas por finalização (mata-leão) no terceiro round;
Alan ‘Nuguette’ venceu Stevie Ray por decisão unânime dos juízes laterais;
Vicente Luque venceu Héctor Urbina por nocaute no primeiro round;
Gregor Gillespie venceu Glaico França por decisão unânime dos juízes laterais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo