Topo

Esporte

Joalheria de Las Vegas processa Mayweather por calote de R$ 4,5 milhões

02/10/2016 10h00

Floyd Mayweather é considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos - Diego Ribas

Floyd Mayweather é considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos – Diego Ribas

Depois de figurar por anos seguidos como o atleta mais rico do mundo, chegando a acumular apenas em uma apresentação 300 milhões de dólares, o boxeador Floyd Mayweather é acusado de aplicar um calote milionário em uma joalheria da cidade de Las Vegas.

De acordo com o jornal local LV Review Jounal, o aposentado pugilista teria comprado um colar de três milhõe de dólares em setembro de 2015, mês em que se despediu dos ringues. Após pagar um terço deste valor a vista, o atleta teria concordado em parcelar o restante em depósitos mensais no valor de 100 mil dólares. No entanto, a partir de maio deste ano as quantias teriam parado de chegar ao estabelecimento.

Desta forma, a joalheria entrou com uma ação judicial na ‘Clark County District Court’ no último dia 23 de setembro para pedir os cerca de R$ 4,5 milhões que restam a ser pagos pelo colar de 72 peças de diamante. Valor que parece pouco para Mayweather, que se acostumou a esbanjar os milhões de dólares que gastava com carros, joias e roupas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte