Esporte

Lineker bate rival 'fujão' e se aproxima de título

Ag. Fight

02/10/2016 02h27

O card principal do UFC Portland, evento realizado neste sábado (1º), contou com apenas quatro combates, sendo que em dois deles brasileiros estavam em ação. E, assim como visto na etapa inicial da noitada de lutas, nossos representantes deram show e garantiram importantes resultados para suas carreiras.

Estrela principal da noite, John Lineker, número três do ranking oficial dos galos (61 kg), sofreu diante da agilidade e explosão do rival John Dodson, que evitou o combate franco por cinco rounds, chegando a arrancar vaias da plateia em diversas ocasiões.

Jogando sempre no contra-ataque, Dodson andou por todo o octógono evitando bem os potentes cruzados do brasileiro, que buscava o nocaute de forma franca, sempre se expondo de forma desnecessária. No entanto, após muito equilíbrio, os árbitros decidiram de forma dividida pelo quarto triunfo de Lineker na categoria.

“Eu encaro quem o UFC colocar. Mas eu quero o Dominick Cruz, é a minha vez. Não tem mais para onde ele correr”, desafiou.

Uma luta antes, Alex ‘Cowboy’ conquistou vitória dramática sobre o ex-campeão do Bellator Will Brooks. Depois de polêmica encarada na pesagem da última sexta, quando o americano se recusou a olhar para ele por causa de sua falha na balança, o duelo foi recheado de altos e baixos com direito a clima quente após o fim da disputa.

Melhor desde o início, Brooks derrubou e manteve o domínio por cima nos dois primeiros rounds. No entanto, no final da segunda etapa um golpe do brasileiro lesionou a costela do rival que rapidamente caiu de rendimento e passou os cinco minutos finais tentando sobreviver. Mas com tamanha pressão no ground and pound, o árbitro interrompeu e decretou o triunfo do Cowboy, que devolveu a provocação ali mesmo no octógono com um gesto.

Irritado com a atitude, o ex-campeão do Bellator tirou satisfação e jogou o protetor bucal na direção do brasileiro ao mesmo tempo em que a torcida tomou suas dores e vaiou Cowboy por minutos a fio.

“Pessoal, me desculpe. Foi a primeira vez que não bati o peso, mas ele me desrespeitou ontem, xingou minha mãe, e isso não se faz”, narrou o humilde lutador.

Confira os resultados do UFC Portland:

John Lineker venceu John Dodson na decisão dividida;
Alex ‘Cowboy’ Oliveira nocauteou Will Brooks no 3º round;
Zak Ottow venceu Josh Burkman por decisão dividida;
Brandon Moreno finalizou Louis Smolka no 1º round;
Luis Henrique 'Frankenstein' finalizou Joachim Christensen no 2º round;
Andre Fili venceu Hacran Dias por decisão unânime;
Shamil Abdurakhimov venceu Walt Harris por decisão dividida;
Elizeu 'Capoeira' venceu Keita Nakamura por decisão unânime;
Nate Marquardt nocauteou Tamdan McCrory no 2º round;
Ion Cutelaba venceu Jonathan Wilson por decisão unânime;
Curtis Blaydes nocauteou Cody East no 2º round;
Ketlen Vieira venceu Kelly Faszholz por decisão dividida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo