Esporte

Rival enaltece luta livre de doping contra Belfort: Por isso posso vencê-lo

Ag. Fight

04/10/2016 08h00

Gegard Mousasi vem de boa vitória diante do experiente Dan Henderson - Divulgação/UFC

Gegard Mousasi vem de duas vitórias seguidas no UFC - Rigel Salazar

A segunda luta mais importante do UFC 204, que será disputado neste sábado (8), em Manchester (Inglaterra), colocará frente a frente Gegard Mousasi e Vitor Belfort. O iraniano de origem armênia provocou bastante o brasileiro durante anos e agora finalmente conseguiu sua chance de enfrentá-lo no maior torneio de MMA do mundo.

Com constantes acusações a Belfort de uso de substâncias proibidas por conta do histórico do brasileiro, Mousasi baixou um pouco o tom em entrevista recente ao podcast ‘MMA Hour’. Nele, o iraniano preferiu enaltecer os novos métodos utilizados pela USADA (agência norte-americana antidoping) que, segundo ele, deixam extremamente arriscada a vida de quem quer trapacear no esporte. Esse, aliás, é um dos motivos que o faz crer ainda mais em sua vitória no sábado.

“Eu fui testado nas últimas semanas por urina e sangue. É quase impossível você conseguir trapacear agora. Você sempre pode trapacear, mas o risco é tão alto que não vale a pena. Eu não estou preocupado e estou pronto. Vai ser uma luta limpa e é por isso que eu estou confiante de que posso vencê-lo”, garantiu o atual número 9 do ranking dos médios (84 kg).

“O risco é muito alto, eles te testam toda hora. Seus hormônios são controlados o tempo todo e se eles se alteram eles conseguem saber que você usou esteroides. É difícil, o riso é alto. As pessoas que assumem esse risco não são muito inteligentes”, completou.

Apesar de crer no triunfo, Mousasi enalteceu as qualidades de Belfort, a quem ele mesmo chamou de ‘lenda’. O iraniano deixou claro que seu objetivo inicial é conter o ímpeto do carioca para depois conseguir aplicar seu jogo e sair da Inglaterra vitorioso.

“Ele é perigoso porque ele vai para cima, especialmente com os chutes e nos primeiros minutos. Você nunca pode subestimar, mas eu sinto que eu estou melhor, tanto no chão, quanto fisicamente. Eu me sinto melhor, mas tenho que entrar com cuidado se não posso tomar um soco ou um chute. Preciso tomar cuidado com isso e depois, garantias são sempre garantias. Espero a vitória, é claro”, concluiu.

Na luta principal da noite, o inglês Michael Bisping fará sua primeira defesa de cinturão dos médios diante do veterano Dan Henderson.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo