Topo

Esporte

Noiva relata que lutador do UFC a agrediu com soco e cotovelada

04/10/2016 18h59

Michael Graves foi preso por violência doméstica - Reprodução/Site UFC

Michael Graves foi preso por violência doméstica – Reprodução/Site UFC

Acusado de violência doméstica, o lutador de MMA Michael Graves foi preso em Atlanta (EUA) no último sábado (1º) e retirado do seu duelo contra Serginho Moraes no UFC São Paulo, evento marcado para o próximo dia 19 de novembro. E, ao que parece, a vítima do atleta foi sua noiva.

De acordo com uma publicação do site ‘MMA Fighting’, o relatório policial aponta que o desentendimento entre o lutador e sua noiva teria começado no carro. E segundo a vítima, após o atleta perder o controle, ele a teria acertado com um soco e uma cotovelada, antes que ela conseguisse escapar do veículo.

Após o incidente, o UFC agiu rápido e já arrumou um substituto para Michael Graves. O americano Zak Ottow, que tem apenas uma luta no Ultimate na carreira, vai encarar o brasileiro Serginho Moraes no show marcado para a capital paulista.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte