Esporte

Dana White critica aposentadoria de José Aldo: "Um pouco ridículo"

Ag. Fight

14/10/2016 15h00

Deixado de molho - Em plena época de revanches no UFC, Aldo bateu o pé e exigiu o seu diteiro de lutar contra o irlandês mais uma vez e tirar a limpo quem seria, de fato, o campeão dos penas. No entanto, o UFC deixou claro que o poder de vendas de Conor faria a diferença e escalou o irlandês para medir força na categoria de cima, a dos leves, contra Rafael dos Anjos (que mais tarde se machucou e foi substituído por Nate Dkiaz) - Diego Ribas

Dana White prometeu que José Aldo lutaria pelo cinturão contra Conor McGregor, mas não cumpriu. Irritado, o brasileiro acumulou sua série de insatisfações com o UFC e anunciou sua aposentadoria. A notícia, que movimentou fãs e colegas de profissão, pareceu incomodar o presidente do evento, que classificou a atitude como “ridícula”.

Em entrevista ao programa ‘UFC Tonight’ na última quarta-feira (12), o cartola afirmou que fará o possível para convencer o brasileiro a voltar a lutar e confirmou que terá uma reunião com sua equipe na semana que vem, em Las Vegas (EUA). No entanto, antes mesmo do encontro, Dana se apressou em criticar a postura do campeão interino dos pesos-penas (66 kg).

“Olha, eu não posso fazer ninguém lutar contra ninguém. Eu posso fazer o meu melhor para fazer lutas acontecerem. José Aldo e eu teremos uma reunião provavelmente na semana que vem para falar sobre isso. Acho que ele está sendo um pouco ridículo sobre isso”, narrou.

Caso ele convença Aldo a voltar a lutar, nomes não faltam para a fila de atletas interessados em enfrentar o brasileiro. Por isso, o presidente do UFC parece disposto a não perder o importante nome que tem em mãos e deixou claro que pretende movimentar a divisão dos penas.

“Vou conseguir uma luta para ele. Se você olhar para a divisão, ela está parada. Holloway está pronto, e ele quer lutar. Anthony Pettis está nessa categoria agora. Tem alguns novos talentos com quem ele pode lutar. Não posso fazer o Conor lutar. Obviamente, todos querem lutar contra ele”, finalizou.

Até essa reunião de fato acontecer, Zé Aldo, um dos maiores nomes da história do UFC, segue aposentado e na luta pela liberação contratual. Mas, a julgar pelo número de reviravoltas vistas na temporada 2016, fique de olho porque tudo pode mudar rapidamente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo