Esporte

UFC responde GSP e garante permanência do lutador na organização

18/10/2016 11h05

GSP não luta desde que venceu Johny Hendricks em 2013 - Reprodução

GSP não luta desde que venceu Johny Hendricks em 2013 – Reprodução

Ao que tudo indica, teremos mais um assunto longo e polêmico no mundo do MMA. Poucas horas após Georges St-Pierre vir a público dizer que estaria rompendo seu contrato com o UFC e ficaria livre para negociar com outros eventos, a organização do maior evento de Artes Marciais Mistas do mundo veio a público para se defender e garantir que o canadense ainda é um lutador da companhia.

Através de um breve comunicado, o Ultimate foi claro ao mostrar que não abrirá mão tão facilmente de uma de suas principais estrelas. Para a cúpula do UFC, GSP ainda tem um contrato em vigor e ele deve ser cumprido até o fim.

“Georges St-Pierre permanece sob um acordo existente com a Zuffa (uma das donas do UFC) e sua promoção de MMA. Zuffa deseja honrar seu acordo com St-Pierre e reserva os direitos perante a lei de ter St-Pierre cumprindo o mesmo”, diz o breve comunicado assinado por Chris Costello, diretor de relações públicas do Ultimate.

Segundo St-Pierre, o UFC teria um prazo para lhe dar uma luta e, como esse limite não foi respeitado, ele teria sido comunicado por seu advogado de que estaria livre para assinar com outra organização.

Aos 35 anos, St-Pierre é o maior vencedor da história da categoria dos meio-médios (77 kg). Com um cartel de 25 vitórias e apenas duas derrotas, o canadense também é um dos grandes vendedores de pay-per-view que já passou pelo Ultimate. Após vencer Johny Hendricks por decisão dividida em 2013, o atleta pediu por um tempo para reavaliar a carreira e, desde então, vive envolto de rumores sobre o seu retorno.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo