Esporte

Após reunião com Dana, Aldo confirma aposentadoria e afasta ação judicial contra UFC

19/10/2016 19h56

Irritado com a demora em ganhar uma chance de disputar o cinturão dos pesos-penas do UFC, José Aldo simplesmente optou por pendurar as luvas e se aposentar do MMA em um dos episódios mais polêmicos da história do esporte - Diego Ribas

José Aldo parece que deu um adeus definitivo ao MMA – Diego Ribas

José Aldo chegou a Las Vegas (EUA) e nesta quarta-feira (19) fez a tão aguardada reunião com os promotores do UFC para definir seu futuro no esporte. E, apesar de garantir que ainda conversará mais vezes com os dirigentes, ele deixou o escritório do evento dando ainda mais motivos para os fãs acreditarem que sua carreira chegou ao fim definitivamente.

Abordado pela reportagem do canal ESPN na saída da reunião, Aldo garantiu que a conversa com Dana White foi proveitosa e que ele saía de lá como entrou, com a vontade de parar de lutar e pendurar suas luvas de MMA de uma vez por todas.

“Foi uma ótima conversa, já tinha algo em mente. Só tenho agradecer ao UFC, Dana White e Sean Shelby. Não vim só pelo cancelamento. Tínhamos coisas para falar. Vou seguir o meu caminho e o UFC o dele. E assim o futuro vai dizer. Vim com a ideia desde o Brasil, já sei o que quero seguir. Estou como vim, com a ideia de não lutar mais”, narrou de forma serena e tranquila,

Questionado sobre a necessidade de romper o contrato com a organização para talvez buscar lugar em outros eventos, Aldo descartou a vontade de competir em outros show, assim como afastou a possibilidade de entrar com uma ação judicial para se livrar do vínculo com o UFC.

“Essa é a primeira conversa que a gente tem, mas ainda vamos conversar pela frente. Não tenho porque entrar na Justiça, sou homem. Eu quis vir do Brasil para ter essa conversa, foi ideia minha, Tivemos a primeira conversa, foi muito boa”, narrou, o aparentemente aposentado lutador.

Aos 30 anos de idade, e com impressionante cartel de 26 vitórias e apenas duas derrotas, o brasileiro interrompe uma das mais vitoriosas carreiras em posse do cinturão interino dos pesos-penas (66 kg), posto conquistado em julho passado, em sua vitória por pontos sobre Frankie Edgar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo