Esporte

McGregor admite deixar um dos cinturões caso vença Alvarez

Joshua Dahl-USA TODAY
Imagem: Joshua Dahl-USA TODAY

Ag. Fight

20/10/2016 11h48

 

Conor McGregor foi o responsável por causar a ira de muitos lutadores no UFC. Atual dono do cinturão linear dos penas (66 kg), o irlandês travou a sua categoria ao não colocar seu título em jogo e decidir fazer lutas em outras divisões. Mas, segundo Dana White disse recentemente, isso deve acabar no dia 12 de novembro, quando o campeão enfrentará Eddie Alvarez, campeão dos leves (70 kg).

O mandatário garantiu que, caso McGregor vença Alvarez, ele terá que decidir entre um dos cinturões e deixar o outro vago. O irlandês não parecia muito disposto a fazer isso e chegou a dizer em coletiva que “teriam que juntar um exército para tirar um dos cinturões” dele. Mas parece que o falastrão mudou de ideia. Em conversa com a revista ‘Sports Illustrated’, Conor admitiu que fará a vontade de Dana White, mas fez uma exigência: poder desfrutar o momento.

“Deixem eu me ver fotos em publicações com um cinturão em cada ombro antes. Deixe-me ir para o octógono e levantar os dois títulos mundiais, o que nunca foi feito antes. Deixe me fazer essas po*** dessas coisas, me deixe fazer isso. Vou sempre fazer o que é correto para os negócios, sempre farei o movimento correto, mas me deixe fazer isso e me deixe voltar e ver algumas fotos minhas com dois cinturões e abraça-los durante meio dia. Não tentem me tirar esse momento histórico antes de eu experimentá-lo”, afirmou o irlandês.

McGregor também comentou as recentes atitudes tomadas por José Aldo e Khabib Nurmagomedov. O brasileiro anunciou sua aposentadoria após ser deixado para trás pelo Ultimate e ver Conor disputar o cinturão dos leves sem a revanche que queria. Já o russo também ameaçou deixar o evento caso não consiga o title-shot após seu próximo duelo contra Michael Johnson.

“Diga-me uma vez que chorar e lamentar é bom para o progresso. Não é. Onde vocês estariam se eu não estivesse aqui? Seja grato até mesmo por estar na conversa. Mantenham suas cabeças baixas, continuem trabalhando, fiquem focados, sejam positivos, esse é o caminho para seguir em frente. Não chorando, lamentando ou reclamando. Não me envolvo nisso. Desejo-lhes bem, mas eu estou em algo diferente agora”, sintetizou.

Conor McGregor já entrou para a história por ser o primeiro lutador a ter a chance de disputar um cinturão do UFC ainda carregando o título de outra categoria. Se vencer Alvarez, ele será o único até aqui a carregar dois cinturões ao mesmo tempo.

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo