Esporte

Tito Ortiz revela derrota para Sonnen e provoca: "Fique longe dos esteroides"

20/10/2016 15h16

Cartaz da luta principal do Bellator 170 - Divulgação

Cartaz da luta principal do Bellator 170 traz os veteranos Sonnen e Ortiz – Divulgação

Veteranos do MMA, Tito Ortiz e Chael Sonnen partilham mais do que um passado de visibilidade e recheado de polêmicas no UFC. Escalados para duelarem no dia 21 de janeiro no main event do Bellator 170, os americanos adeptos do trash talk colocarão em jogo uma rivalidade pouco conhecida do tempo das competições de wrestling.

Quem revelou esse passado foi Ortiz, ex-campeão meio-pesado (93 kg) do UFC, que afirmou ter sido derrotado pelo mais jovem e então mais leve oponente durante um torneio nacional. O improvável resultado, por sinal, parece ter incomodado Ortiz por anos, a ponto de ele declarar que ficou abalado com a derrota.

“Eu e Chael temos uma história. Lutamos na faculdade e ele me venceu, me dominou. Ele era mais leve do que eu, não sabia quem ele era. Ele me prendeu a cabeça nos primeiros 30 segundos, e isso me arruinou. Sempre pensei sobre isso, quando teria a chance de ter a minha revanche”, narrou em conversa com o site ‘TMZ’.

Dois dos mais provocadores atletas a pisarem nos octógonos de MMA, Sonnen e Ortiz medirão forças no Bellator, logo na estreia do ex-rival de Anderson Silva na organização. Sem lutar desde 2013, o ‘Gângster Americano’ enfrentou problemas com a Comissão Atlética de Nevada após ser flagrado em dois exames antidoping surpresa. Após cumprir a pena, ele negociou sua liberação contratual com o UFC e assinou com o evento rival.

“Ele escolheu isso, fazer a primeira luta dele no Bellator contra mim. Vou pressionar ele, somos wrestlers, posso bater ele. Vou bater na cara dele, é o que eu faço de melhor, é como coloco comida na mesa da minha familia. Tomara que dessa vez ele fique longe dos esteroides e não tenha problemas com Comissão Atlética. Luto faz 19 anos e nunca tive problema, pois faço com o coração. Ele não trabalha duro, sempre procura maneiras mais fáceis de vencer”, provocou Tito.

Aos 39 anos, Sonnen acumula cartel com 28 vitórias e 14 derrotas, o que lhe garantiu a chance de disputar o cinturão do UFC em três oportunidades, embora nunca tenha sido campeão. Por sua vez, o ex-número um Ortiz, dois anos mais velho, soma 18 tirunfos e 12 revezes. Ambos também possuem um empate cada em seu currículo no MMA.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo