Esporte

Jon Jones desabafa sobre acusações de doping: "Tenho o que é preciso"

Diego Ribas/Ag. Fight
Jon Jones nega ter usado qualquer substância ilegal Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Ag. Fight

25/10/2016 14h41

Flagrado em um exame antidoping as vésperas do UFC 200, Jon Jones segue afastado das competições e à espera de seu julgamento. E com a proximidade da reunião que definirá o seu futuro no início de novembro, o campeão interino dos meio-pesados (93 kg) deixou transparecer que o nível da pressão o incomoda como nunca antes, a ponto dele usar suas redes sociais para mandar um recado direto a todos os demais competidores da divisão.

Em um incomum desabafo, Jones rebateu as acusações sobre o uso de esteroides e afirmou que nada do que foi conquistado em sua carreira foi à base de trapaça, uma vez que nenhuma substância ilegal seria capaz de lhe dar elementos básicos para um campeão, como coração de atleta, raça e dedicação.

“Esteroides não me dão a crença de que sou o melhor. Isso não me dá o coração para conseguir vitórias no último minuto em lutas valendo cinturão. Esteroides nunca lhe darão grande nível de inteligência nesse jogo. Isso não vai evoluir o seu tempo de reação. Isso não me daria a ideia de preparar minha mente para um objetivo, seguir meus sonhos e treinar meu traseiro todo dia na academia”, desabafou ‘Bones’.

Ao que parece, a defesa do lutador irá alegar que o resultado no exame foi fruto de um falso positivo gerado pelo uso de um suplemento contaminado. Discurso este que, caso aceito pelo júri, deve diminuir a punição do atleta, que pode chegar a dois anos.

“Conquistando esse posto no esporte me dá confiança e coragem para saber que eu possa fazer algo da minha vida. Sei que tenho algo muito poderoso dentro de mim, e tenho poder para alcançar tudo que eu traçar. Sabendo disso, me ajuda a não me preocupar quando os tempos ficarem difíceis. Sou mais do que um conquistador. Tenho o que é preciso para vencer”, bradou.

Com duas audiências marcadas para os próximos dias, Jones se reunirá com os agentes da USADA no final de outubro e com a Comissão Atlética de Nevada em novembro. Dependendo da pena, Jon Jones pode dar adeus ao cinturão interino de sua categoria conquistado em abril.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo