Esporte

Jacaré revela confiança por luta com Bisping: 'Cansou da fama de medroso'

Heuler Andrey/UOL
Jacaré lançou cartada por uma data para enfrentar Bisping. Parece que deu certo Imagem: Heuler Andrey/UOL

Ag. Fight

12/11/2016 08h00

Se nem os resultados dentro do octógono e a postura mais ofensiva nas entrevistas mais recentes resultaram em garantir a sonhada chance de disputar o cinturão dos pesos-médios (84 kg) do UFC, Ronaldo ‘Jacaré’ protagonizou uma nova cartada na última sexta-feira (12) que parece ter começado a surtir efeito. Tanto que ele já especula uma data para enfrentar Michael Bisping.

Confiante, o brasileiro, que enfrentaria Luke Rockhold no dia 26 de novembro e ficou sem luta após o americano se lesionar, aceitou o convite do UFC para ficar pronto para o evento deste sábado (12) caso a lesão de algum lutador abrisse uma vaga para ele no card. Com isso, o recado de que ele está pronto e disposto a encarar qualquer um, e em qualquer hora, foi dado.

”Me pediram para chegar no peso, para caso acontecesse alguma coisa eu substituiria alguém. Quando cheguei para bater o peso, os médicos e o pessoal da Comissão Atlética entraram e disseram que não seria mais necessário. Estou preparado para lutar contra qualquer adversário, principalmente os que estejam no top, independentemente de ser com um curto espaço de tempo ou um longo espaço de tempo. Quero ser campeão”, narrou em conversa no lobby do hotel.

Curiosamente, o convite para ser tapa buraco foi feito com apenas uma semana de antecedência e ele sequer tinha um corner preparado para o show. Caso ele tivesse que entrar em ação, seu empresário Reginaldo Faria e o amigo e também lutador ‘Gigante’ cumpririam o papel.

Passado o clima de indecisão ao ver que Chris Weidman e Yoel Romero, atletas que poderiam lhe abrir uma vaga rumo ao título, haviam batido o peso, o atleta deixou claro que está pronto para enfrentar Bisping no dia 21 de janeiro, no UFC 208, na Califórnia. Data esta que, por sinal, também pareceu agradar o inglês em seu último discurso.

“Ele está corrido, ele acabou de falar que provavelmente lutaria comigo. Acredito que teria mais torcida que ele. Agora ele está começando a falar do meu nome, está cansado da fama de medroso, de estar corrido. E por isso começou a falar do meu nome”, provocou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo