Esporte

Nurmagomedov mantém invencibilidade e compra briga com fãs irlandeses

Ag. Fight

13/11/2016 00h58

Até mesmo o card preliminar do UFC Nova York, realizado neste sábado (12), ganhou ares de super evento. Com direito a Khabib Nurmagomedov e Frankie Edgar em ação, a primeira parte do show garantiu plateia lotada desde o início da noite, fato incomum aos shows realizados nos EUA. E eles não decepcionaram.

Um dos grandes favoritos da noite, Khabib deu mais uma demonstração de dominio físico no octógono e ampliou sua invencibilidade para 24 combates no MMA profissional. Mas não sem antes levar um belo susto do rival Michael Johnson, que começou melhor.

Aproveitando a dificuldade do rival em entrar no seu raio de ação, o americano dominou os dois minutos iniciais com diretos de esquerda precisos que balançaram Nurmagomedov. No entanto, assim que o russo conseguiu derrubar, a luta mudou de lado e seu ground and pound impôs um verdadeiro passeio no octógono.

Por três rounds, o peso-leve (70 kg) russo bateu como pôde e chegou a pedir que o adversário desistisse no último assalto tamanho o massacre. Após a negativa, ele acelerou ainda mais o ritmo, finalizou com uma chave de braço invertida e comprou briga com a torcida irlandesa que lotava a plateia.

“Eu quero permanecer humilde. Mas eu preciso falar. No início do ano, ele fala como um galinha, no final do ano, ele está lutando pelo cinturão. Isso não é trash talking. Irlandeses são 6 milhões, nós russos somos mais de 150 milhões”, afirmou antes de ser vaiado de forma ensurdecedora pelos presentes.

“Dez anos de luta amadora e oito anos como profissional, do que vocês estao falando?”, bradou o invicto atleta e virtualmente próximo desafiante ao cinturão da categoria.

Lutando em casa

Nascido e criado na cidade de New Jersey, vizinha a Nova York, o ex-campeão dos leves (70 kg) Frankie Edgar encarou Jeremy Stephens em combate em que contou com apoio total da arquibancada do Madison Square Garden. E, como de costume, colocou em ação toda a sua movimentação frenética para garantir a vitória.

Visivelmente menor do que Stephens, Edgar caminhou por todo o octógono para cansar o oponente e encontrar os momentos certos de atacar. Quedas, clinches, chutes baixos e cruzados fizeram parte do vasto arsenal, que pareceu ser demais para o raçudo oponente que encontrou como único grande momento um knockdown anotado ainda na segunda etapa.

Ao final dos três assaltos, o dono da casa brindou a plateia com uma das vitórias mais aguardadas da noite. Banido do estado de Nova York por 20 anos, o MMA fez sua estreia de gala com direito ao triunfo do heroi local.

Confira os resultados do UFC Nova York:

Frankie Edgar venceu Jeremy Stephens por decisão unânime;
Khabib Nurmagomedov finalizou Michael Johnson no 3º round;
Tim Boetsch nocauteou Rafael ‘Sapo’ Natal no 1º round;
Vicente Luque nocauteou Belal Muhammad no 1º round;
Jim Miller venceu Thiago ‘Pitbull’ Alves por decisão unânime;
Liz Carmouche venceu Katlyn Chookagian por decisão dividida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo