Esporte

Tyron Woodley explica por que emprestou cinturão para McGregor

15/11/2016 18h47

Tyron fala sobre ter emprestado o cinturão

Tyron Woodley falou sobre ter emprestado o cinturão – Diego Ribas

O UFC 205, realizado no Madison Square Garden em Nova York, no último sábado (12), foi marcado por grandes lutas e pela quebra de alguns recordes. Contudo, um momento nada comum chamou a atenção de todos após o final da última luta. Foi quando Tyron Woodley emprestou seu cinturão a Conor McGregor, lutador com o qual havia discutido no dia anterior pelas redes sociais.

A situação começou ainda dentro do octógono, após o irlandês questionar o fato de ter se tornado campeão simultaneamente em duas categoria diferentes, peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg), e só ter recebido um cinturão. Foi nesse momento que o irlandês reivindicou sua outra cinta, já que agora é o dono de duas divisões. Foi aí que acionaram o campeão dos meio-médios (77 kg), que havia acabado de fazer sua primeira defesa de título contra Stephen Thompson e manteve seu posto depois da decisão dos juízes por empate majoritário.

Quando questionado pelo programa ‘MMA Hour’ sobre a razão de ter cedido a vontade de Conor, Woodley afirmou ter feito uma gentileza muito maios pelo apelo do seu funcionário favorito do UFC do que propriamente pelo irlandês.

”Eu sou um bom homem de negócios. Eu amo Reed Harris (Vice-Presidente de Desenvolvimento dos Atletas), ele é o cara, sempre direto, seja nos bons ou maus momentos, eu o amo. Foi ele quem fez aquilo, pegou o cinturão e o levou ao palco, ele é o cara”, contou o campeão.

Woodley contou ter ficado um pouco desanimado com a situação, pois após ter feito uma grande luta por cinco rounds contra o ‘Wonderboy’,  não conseguiu fotografar os momentos que gostaria com a cinta.

”Eu fiquei um pouco frustrado no momento em que eles precisaram (cinturão), porque eu queria fazer as minhas fotos. Você sabe as fotos que eles fazem nos bastidores, né? Eu não estava pronto para fazer as fotos pois eles queriam que eu fizesse sem meu cinturão (…) Não tive a oportunidade de fazer aquela foto devido àquela situação”, lamentou.

O lutador de 35 anos contou também sobre os agradecimentos feitos por parte da organização do evento. Woodley garantiu que o fato de ser um empréstimo justamente para McGregor, com quem não alimenta um bom relacionamento, foi o que mais fez seus chefes ficarem legitimamente agradecidos – inclusive financeiramente.

”Eles me disseram o quão gratos eram por eu ter tomado aquela atitude, principalmente depois da situação que nos envolvemos, e eu ainda assim estar disposto a fazer aquilo, aquela atitude mostra o meu caráter e o homem que sou. Contudo, eu andei fazendo umas ligações, e eles também demonstraram sua gratidão de forma financeira”, contou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo