Esporte

Nocauteado por brasileiro, atleta que inspirou Ronda anuncia aposentadoria

Ag. Fight

19/11/2016 23h21

O card preliminar do UFC São Paulo, evento realizado neste sábado (19), contou com uma bela surpresa para os fãs de MMA. Aos 35 anos, o armênio Manvel Gamburyan anunciou sua aposentadoria no octógono após ser superado pelo brasileiro Johnny Eduardo por nocaute no segundo round. O atleta, embora pouco famoso, foi o responsável por convencer Ronda Rousey a migrar para o MMA.

Também judoca, Gamburyan se tornou parceiro de treino e treinador auxiliar da loira, que anos mais tarde viria a revolucionar as artes marciais mistas femininas. No entanto, com quase trinta lutas na carreira e duas derrotas seguidas no octógono, ele preferiu respeitar o seu corpo e pedir para parar.

“Isso vai surprender muita gente, até a minha família e amigos. Mas acho que já deu para mim. Fiz muitas lutas, acho que essa será a minha última. Gosto muito e respeito o UFC. Espero continuar trabalhando com eles a partir de agora”, garantiu.

A luta

Especialista em muay thai, o veterano Johnny Eduardo foi contrato pelo UFC em 2011. No entanto, uma série de lesões permitiu que sua luta contra Manvel Gamburyan neste sábado fosse apenas a sua quinta apresentação no evento. E vindo de derrota na organização, a vitória era mais do que importante.

Sem se deixar clinchar pelo oponente, o parceiro de treinos de José Aldo se movimentou em torno do adversário e aproveitou bem as oportunidades para pontuar. No segundo assalto, um jab de encontro garantiu o knockdown que abriu espaço para o fim da disputa.

Abatido, Gamburyan não conteve os ataques vindos do ground and pound e foi questão de tempo para que o árbitro interrompesse a disputa. Ao final do anúncio, o atleta surpreendeu a todos e anunciou sua aposentadoria.

“Não quero lutar uma vez por ano, não. Mereço a oportunidade de mostrar meu trabalho. Dana White, me dê mais lutas. Eu quero meu bônus”, bradou o brasileiro.

Show de estratégia

Cezar 'Mutante' traçou estratégia perfeita em São Paulo. Diante de Jack Hermansson, o brasileiro evitou a luta franca em pé, se movimentou e priorizou golpes de encontro. Canhoto e com grande envergadura, o atleta pontuou com precisão no primeiro assalto e largou na frente.

Na etapa seguinte, Hermansson tentou encurtar a distância e abriu brecha para ser derrubado e, uma vez no chão, o ex-pupilo de Vitor Belfort tirou onda. Com mais calma do que nunca, o brasileiro passou a guarda e encaixou um justo estrangulamento katagatame.

Com a terceira vitória seguida na temporada, o campeão da primeira temporada do TUF agora vive a melhor fase de sua carreira e prova que está disposto a apagar o período de altos e baixos que marcou sua entrada no evento.

"Eu tive todos os motivos para parar e me aposentar. Passei dois anos dormindo sentado. Mas se você tem um sonho, não desista", narrou no microfone.

Decepção

Ex-TUF Brasil, Marcos ‘Pezão’ não viu a cor da bola. Logo no início, o atleta do Daguestão Gadzhimurad Antigulov clinchou assim que teve a oportunidade e derrubou. Ágil, o brasileiro chegou a reverter a posição quando o rival ameaçava encaixar uma guilhotina. No entanto, ele não se defendeu e optou por soltar socos por cima enquanto o golpe era ajustado. Dessa forma, Pezão acabou envolto no estrangulamento e se viu obrigado a bater, para tristeza da torcida.

Peso-pesado em ação

Depois de estrear no UFC com derrota em 2015, Luiz Henrique ‘KLB’ anotou sua segunda vitória seguida no evento. Melhor desde o início, o pupilo de ‘Tatá’ Duarte derrubou quando quis e durante os dois primeiros rounds protagonizou um verdadeiro monólogo contra Christian Colombo.

Por cima, o peso-pesado brasileiro puniu no ground and pound e com cotoveladas abriu um corte na testa do rival. No terceiro e último assalto, um exausto Colombo se apressou ao tentar se levantar e acabou deixando o pescoço de presente para o dono da casa, que encaixou justo estrangulamento para dar números finais à disputa.

Boa fase

Pedro Munhoz tem motivo de sobra para sorrir. Em sua segunda apresentação no octógono do UFC na temporada, o atleta anotou nova vitória e com uma bela finalização levantou a torcida presente no Ginásio do Ibirapuera. Experiente e calmo, o atleta da academia Black House soube esperar o momento certo para encaixar a guilhotina derradeira.

“Que vitória sensacional aqui na minha casa, em São Paulo. Quero agradecer a todos. Esse é o Pedro Munhoz que todos comnhecem. Eu estava buscando a trocação, mas consegui achar a guilhotina. É a minha terceira vitória por guilhotina e acho que mereço o prêmio de performance da noite. Acabei de vencer o número 11 do mundo”

Polêmica na primeira luta

Logo no primeiro combate da noite, Francimar ‘Bodão’ se envolveu em uma grande polêmica. Durante um momento de troca de golpes contra o visitante Darren Stewart, o meio-pesado (93 kg) brasileiro acabou acertado por uma cabeçada e acusou. No entanto, o árbitro não entendeu que a disputa deveria ser interrompida, o que garantiu a vantagem necessária para que o inglês seguisse golpeando até o fim da disputa, ainda no primeiro assalto.;

Revoltado, Bobão, assim como sua equipe, reclamou de prontidão, deixando claro que o erro foi do árbitro e que ele poderia ter parado a disputa ou até mesmo ter alterado o resultado ao ver o replay no telão. Como nada disso foi feito e sua derrota decretado, o atleta da Nova União deixou o cage inconformado.

Confira os resultados do UFC São Paulo:

Cezar 'Mutante' Ferreira finalizou Jack Hermansson no 2º round;
Gadzhimurad Antigulov finalizou Marcos Rogério ‘Pezão’ no 1º round;
Johnny Eduardo nocauteou Manvel Gamburyan no 2º round;
Luis Henrique ‘KLB’ finalizou Christian Colombo no 3º round;
Pedro Munhoz finalizou Justin Scoggins no 2º round;
Darren Stewart venceu Francimar ‘Bodão’ por nocaute técnico no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo