Esporte

Hunt revela exigência contra doping para enfrentar Cigano

Evelyn Rodrigues
Imagem: Evelyn Rodrigues

Ag. Fight

23/11/2016 10h31

 

Mark Hunt parece ter ficado um pouco traumatizado com a sua última experiência dentro do octógono. O neozelandês foi derrotado por Brock Lesnar no UFC 200, mas dias depois ficou sabendo que o norte-americano foi flagrado pela USADA (agência norte-americana antidopagem) pelo uso de anabolizantes. E isso fez com que o atleta de 42 anos passasse a criticar duramente a organização.

Mesmo com essa posição diante da companhia que o emprega, o neozelandês garantiu que o UFC segue tentando arrumar lutas para ele. Hunt revelou que o Ultimate queria colocá-lo para enfrentar o brasileiro Junior Cigano em dezembro, mas ele fez uma exigência que não foi atendida.

“Eles me ofereceram outra luta, acho que era no Canadá contra o Junior Cigano. Eu disse que eu pegaria essa luta se eles colocassem uma cláusula dizendo que se ele for pego no doping, então eu pego todo o seu dinheiro. A resposta foi não”, revelou o neozelandês ao programa ‘MMA Hour’.

Mark Hunt segue completamente inconformado com o UFC. Depois da derrota para Brock Lesnar, em julho, o neozelandês não ficou nem um pouco contente com o doping do ex-WWE. Principalmente pelas exceções que o maior torneio de MMA do mundo fizeram para que ele pudesse atuar novamente no evento – Brock não precisou passar pelo período de quatro meses de testes antes de retornar ao octógono.

Primeiramente, Hunt exigiu metade da bolsa paga a Lesnar para se apresentar no UFC 200 – valor que ficou em 2,5 milhões de dólares. Em seguida, o neozelandês mudou de ideia e exigiu toda bolsa do seu adversário, mas tudo isso aconteceu enquanto o Ultimate se manteve no mais absoluto silêncio. Segundo o peso-pesado, a organização apenas o informou que deve esperar o julgamento do americano.

“Eles me ligaram mais tarde e disseram que nada poderiam fazer até Brock Lesnar ter o seu dia no tribunal e as coisas seriam resolvidas a partir disso. Eu sigo achando que devemos ter sanções mais pesadas no MMA. Não deveria existir tolerância com trapaceadores, especialmente na luta. Quando você está machucando alguém e esse cara deliberadamente leva vantagem, sinto que eles devem perder tudo. Ele não deveria ganhar dinheiro algum. Nada mesmo. Eles deveriam ser penalizados e até mesmo processados”, defendeu o peso-pesado.

Mark Hunt possui um cartel de 12 vitórias, dez derrotas e um empate – além da luta contra Lesnar, que deve ser considerada como sem resultado. O neozelandês é o atual número sete do ranking dos pesados do UFC.

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo