Esporte

Werdum reclama de descaso do UFC: "Não visto mais a camisa"

Rey Del Rio/Getty Images
Fabrício Werdum é ex-campeão dos pesos-pesados do UFC Imagem: Rey Del Rio/Getty Images

Ag. Fight

27/11/2016 19h15

 

Fabrício Werdum parece viver um momento complicado com o UFC. Depois da polêmica crítica feita pelo atleta em relação aos contratos e repasses financeiros da Reebok, patrocinadora oficial do evento, o peso-pesado revelou um momento delicado ocorrido nos bastidores do UFC Nova York, no último dia 12 de novembro.

De acordo com o relato de Werdum, em conversa com o podcast ‘Resenha Black Belt’ neste domingo (27), a organização do show negou um ingresso para que ele comparecesse ao show. Mesmo que ele, por outros compromissos com patrocinadores, já estivesse hospedado na cidade.

“Eu sinto até vergonha de falar, mas eu estava lá em Nova York para falar com patrocinadores e pedi para ser um 'guest fighter' (lutador convidado). Mas me negaram. Meu empresário precisou comprar um ingresso para mim no dia. Fiquei na arquibancada felizão com a torcida, mas não gostei. Imagina, um ex-campeão sem ingresso”, revelou o atleta.

Ainda durante o evento, Werdum teria entrado na área VIP do Madison Square Garden mesmo que sem a pulseira que lhe daria permissão. Ao perceber que o estafe do evento ficou surpreso com a sua presença no local, o gaúcho sentiu que o clima não era dos melhores.

“Quando cheguei lá, eles ficaram de cara. Olha, quando eu visto a camisa, eu visto. Quando sou amigo, eu sou amigo. Mas não visto mais a camisa, não consigo. Não estou feliz, não tenho mais aquela coisa de estar no maior evento de MMA do mundo. Me senti excluído, não estou feliz”, afirmou.

Ainda no programa, Werdum garantiu que não pensa em deixar o UFC mas garantiu que, caso seja dispensado, lutaria sem problemas em organizações no Japão, onde fez carreira no Pride e, de acordo com seu relato, foi super bem tratado por promotores e torcida.

O podcast em questão é apresentado por Márcio ‘Pé de Pano’, ex-lutador de MMA e jiu-jistu, e foi ditado pelo clima de amizade entre eles, o que garantiu brincadeiras inusitadas do peso-pesado, como garantir que no dia que voltar a ser campeão do UFC ele poderá dar um tapa na cara de Dana White, e que o cartola sequer irá reclamar.

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo