Esporte

Cejudo mostra apego por atletas do TUF e descarta futuros duelos: "Nos tornamos um time"

02/12/2016 13h10

Cejudo revelou ter feito amizade com seus comandados no reality TUF 24 - Diego Ribas

Cejudo revelou ter feito amizade com seus comandados no reality TUF 24 – Diego Ribas

São poucos os atletas que conseguem desenvolver seu potencial  e se destacar em dois esportes distintos, e Henry Cejudo é um deles. Medalhista olímpico de ouro na luta livre e atual segundo colocado na divisão peso-mosca (57 kg) do UFC, o lutador foi um dos treinadores da última edição do reality show The Ultimate Fighter, e enfrentará Joseph Benavidez neste sábado (03) em Las Vegas (EUA). E em meio a todo clima do evento, o lutador admitiu que não gostaria de enfrentar no futuro nenhum dos atletas que comandou no programa.

O reality em questão é protagonizado por dois treinadores, atletas escolhidos pelo UFC, que têm como missão comandar oito lutadores durante 12 semanas. Naturalmente, após todo tempo de convivo algumas vezes a relação entre mestre e aprendiz se transforma em amizade. Em conversa exclusiva com a Ag. Fight, Cejudo revelou que criou laços com os atletas de sua equipe.

“Eu acho que não (sobre enfrentar algum de seus comandados), nós nos tornamos um time em que podemos um ajudar ao outro, vencer o melhor lutador do mundo, o melhor atleta peso por peso, Demetrious Johnson. Esse foi o grande ganho, eu tenho muita confiança nas minhas habilidades, e contanto que eu possa ensiná-los eles me ensinam de volta”, disse.

O lutador foi o último a enfrentar Demetrious Johnson, o rei da divisão dos moscas, mas foi nocauteado de forma arrasadora ainda no primeiro round. E, ao que tudo indica, ele tem planos de subir para a divisão dos galos (61 kg), categoria na qual fez sua estreia dentro do UFC em dezembro de 2014, mas não sem antes ter a segunda oportunidade de destronar o campeão de sua categoria.

“Antes de parar eu vou subir para os galos (61 kg), me testar lá. Cortar peso não é uma coisa legal, mesmo se você fizer isso certo envolve todo um processo. Estou pronto para lutar em duas divisões de peso, isso já acontece no UFC, eu realmente estou aberto a lutar nos moscas e nos galos. Não tenho pressa, obviamente meu grande objetivo é estar de volta ao jogo, vencer Demitrious Johnson e me tornar o campeão”, revelou.

A apenas dois dias da luta contra o atual primeiro colocado da divisão, Cejudo reconheceu as habilidades de Benavidez e o comparou a si, ao dizer que ambos possuem um espírito guerreiro, mas afirmou não ter medo da luta. O medalhista olímpico possui apenas a derrota para o campeão em sua carreira, e já acumula 11 vitórias como profissional.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo