Esporte

Nick Diaz revela que irmão fumou maconha em coletiva do UFC 202

06/12/2016 12h07

 

Nate Diaz foi derrotado por Conor McGregor no UFC 202 - Rigel Salazar

Nate Diaz foi derrotado por Conor McGregor no UFC 202 – Rigel Salazar

Em agosto passado, após uma sangrenta batalha de cinco rounds contra Conor McGregor no UFC 202, Nate Diaz causou polêmica ao aparecer fumando um cigarro eletrônico suspeito na coletiva de imprensa depois do show. Na época do episódio, o próprio californiano admitiu que o utensílio era derivado de cannabidiol (CBD) - uma das substâncias encontradas na maconha. No entanto, ao que parece, a história pode ter sido um pouco diferente.

Em uma entrevista no programa ‘The Jasta Show’, Nick Diaz, irmão de Nate, revelou que o irmão não estava fumando substâncias derivadas de maconha e sim a própria erva diretamente. “Aquilo não era CBD. Ele estava fumando um crônico. Aquilo era um ‘kush’ (variação da erva)”, revelou.

A maconha é permitida para o uso medicinal no Estado de Nevada, onde fica a cidade de Las Vegas (EUA), palco do UFC 202. Além disso, a Comissão Atlética que rege o esporte no estado e a USADA (agência americana de controle antidopagem) apontam que esta é uma droga recreativa, ou seja, só não pode ser usada durante o período de competição.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo