Esporte

Georges St-Pierre diz que negocia retorno ao UFC

Jacques Boissinot/The Canadian Press
Georges St-Pierre pode estar perto de voltar ao octógono Imagem: Jacques Boissinot/The Canadian Press

Ag. Fight

08/12/2016 14h20

Ao que parece, Georges St-Pierre ainda pode voltar a lutar no octógono mais famoso do planeta. Apesar de ter anunciado em outubro passado o rompimento de seu contrato com UFC e ter liderado a criação da Associação de Atletas de MMA (MMAAA, na sigla em inglês) – entidade que fez duras críticas ao evento e exige maior participação dos lutadores nos lucros da empresa – o canadense garantiu que ainda negocia com o maior torneio de lutas do mundo.

Em entrevista ao site TSN, GSP deixou claro que sua participação na entidade recém-criada não afeta a sua relação com o Ultimate. De acordo com o ex-campeão dos meio-médios (77 kg), as negociações com a companhia para um possível retorno ao octógono serão retomadas.

“Não, não quer dizer que encerrei com o UFC. Assim como outro membros, como o Cain Velasquez, Tim Kennedy e o Donald Cerrone, eu sou um veterano. Mas não quer dizer que acabei. Aliás, na noite que nós lançamos a Associação eu recebi uma carta de um advogado do UFC dizendo que eles querem retomar as negociações comigo do ponto em que começamos”, declarou, antes de acrescentar que esperava até participar do show de número 206, evento que será realizado no próximo sábado (10), em Toronto (Canadá).

“Eu esperava entrar no card em Toronto, mas não vai acontecer e agora eu acho que eles continuarão falando e veremos se conseguimos chegar a um acordo. Mesma história de antes. Mas agora eu tenho mais opções. Eu sou um lutador livre, não tenho que estar no UFC. Posso ir para outro lugar”, contou.

Aos 35 anos, St-Pierre é o maior vencedor da história da categoria dos meio-médios. Com um cartel de 25 vitórias e apenas duas derrotas, o canadense também é um dos maiores vitoriosos do evento (GSP possui 19 vitórias, uma a menos do que o recordista Michael Bisping) e um dos grandes vendedores de pay-per-view da história. Após vencer Johny Hendricks por decisão dividida em 2013, o atleta pediu por um tempo para reavaliar a carreira e, desde então, vive envolto de rumores sobre o seu retorno.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo