Esporte

Jon Jones explica porque não lutaria submission com Cormier

08/12/2016 17h13

Cormier iria enfrentar Jones na luta principal do UFC 200 - Diego Ribas

Cormier iria enfrentar Jones na luta principal do UFC 200 – Diego Ribas

Jon Jones foi flagrado em um exame antidoping surpresa e retirado do card do UFC 200, em julho passado. Dessa forma, o americano ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) segue suspenso das competições de MMA, o que lhe abriu uma bela oportunidade para estrear em torneios de submission. E no próximo domingo (11) o veterano encara Dan Henderson, em duelo que já atrai as atenções dos fãs de luta ao redor do mundo.

Nesta quinta-feira, porém, os astros do ‘Submission Underground 2’ marcaram presença em uma conversa com a imprensa por telefone. E, como não poderia deixar de ser, o assunto acabou chegando ao nome de Daniel Cormier, atleta com quem Bones mediria forças no UFC 200. O ex-campeão do UFC foi perguntado se ele aceitaria resolver as pendências com DC em um tatame e foi taxativo ao negar e explicar o motivo.

“Seria uma grande luta. Mas eu não quero brincar com o Cormier no tatame. Prefiro enfrentar ele onde eu possa bater nele. Não lutar contra ele sem poder usar meus cotovelos e meus joelhos”, garantiu Jon Jones.

O americano também falou das diferenças entre um duelo de submission em relação ao MMA. Bones garantiu que ainda está se adaptando às regras para poder fazer bonito nos tatames assim como sempre fez dentro do octógono. Além disso, o ex-campeão revelou que tem planos para mais lutas nesta modalidade e que almeja se testar contra atletas maiores.

 “Definitivamente diferente. Eu passei os últimos dias trabalhando as posições e estudando as regras do jogo. Eu gostaria de enfrentar alguém mais pesado que o Dan Henderson em seguida. Mais pesado que eu. Vamos ver como vai ser”, resumiu.Sobre o duelo com Dan Henderson, mesmo sendo quase 17 anos mais novo que seu oponente, Jon Jones garantiu que o duelo será extremamente complicado. Hendo possui um histórico em luta agarrada e pode dar bastante trabalho ao compatriota.“Eu nunca escolhi ele para ser meu oponente. Tiveram diversos nomes que eu poderia enfrentar. Mas o Dan acabou aparecendo. Eu as pessoas acham que será uma vitória fácil. Não sei porque pensam isso. O Dan tem uma carreira vitoriosa no wrestling, é um cara forte e acho que será uma luta difícil. Ele tem grandes lutas na carreira, já venceu o Fedor e é um campeão. Você nunca entra para enfrentar um cara desses achando que será uma vitória fácil”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo