Esporte

Jon Jones faz acordo com comissão e pode voltar em julho de 2017

Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC
Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC

Ag. Fight

08/12/2016 22h22

 

Jon Jones conseguiu minimizar os feitos do flagra no exame antidoping que lhe custou a participação no main event do UFC 200, evento realizado em julho. Em comum acordo com a Comissão Atlética de Nevada, o meio-pesado (93 kg) recebeu a suspensão de um ano, metade do limite máximo para esse caso.

Desta forma, a entidade optou por aplicar o gancho recomendado pela USADA, agência de controle antidoping que testou o atleta de forma surpresa e que também impôs a mesma punição de 12 meses. As informações são do site americano ‘MMA Fighting’.

Flagrado pelo uso de duas substâncias proibidas, Jones alegou o uso de um estimulante sexual que estaria contaminado, o que ajudou em sua defesa. Por isso, ele estará apto a voltar ao octógono no dia 6 de julho de 2017.

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo