Esporte

McGregor apela judicialmente contra multa por confusão em coletiva do UFC

LE Baskow/Las Vegas Sun/AP
Conor McGregor causou confusão em suas últimas passagens por Las Vegas Imagem: LE Baskow/Las Vegas Sun/AP

Ag. Fight

08/12/2016 07h00

 

Conor McGregor não quer pagar o que deve para a Comissão Atlética de Nevada. Pelo menos não os US$ 75 mil (cerca de R$ 250 mil) impostos ao lutador após ele e Nate Diaz protagonizarem uma verdadeira guerra de garrafas de água na coletiva do UFC 202, em agosto.

De acordo com o site "MMA Fighting", o irlandês recorreu judicialmente contra a quantia e agora caberá à corte civil de Clark County, na cidade de Las Vegas (EUA), decidir se reavalia seu caso ou não. A sanção, por sinal, também conta com 50 horas de serviço público e com um anúncio público, possivelmente para uma campanha anti-bullying.

Enquanto essa polêmica não é definida, Conor sequer poderá competir no estado de Nevada. Sua licença para lutar boxe, inclusive, já foi negada pela comissão local e, caso ele tente renovar sua permissão para competir MMA, dificilmente ela lhe será entregue antes que ele pague a multa (seja o valor atual ou o reavalido pela corte).

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo