Esporte

STJD do MMA alivia suspensão e reduz multa de Roy Nelson

Rigel Salazar/Ag Fight
Imagem: Rigel Salazar/Ag Fight

Ag. Fight

08/12/2016 16h09

 

Após agredir o árbitro ‘Big’ John McCarthy no UFC Brasília, evento realizado em setembro, Roy Nelson foi punido pela Comissão Atlética Brasileira de MMA com nove meses de suspensão e multado em 24 mil dólares (aproximadamente de R$ 83 mil). No entanto, após o lutador se desculpar oficialmente durante coletiva de imprensa realizada em Las Vegas (EUA), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do MMA decidiu, na última quarta-feira (7), reduzir a pena disciplinar do gordinho para seis meses e atenuar sua multa, que agora passa a ser de R$ 45 mil.

Nelson chutou o juiz após o fim da luta contra o brasileiro Antonio ‘Pezão’ pela divisão peso-pesado, por julgar que Big John demorou para interromper a luta. Ciente de uma possível redução da pena, ele enviou um documento lamentando o ocorrido ao árbitro na última sexta-feira (2), além de se desculpar publicamente depois do evento TUF Finalle. O STJD alegou que os pedidos de desculpa foram determinantes para a decisão.

“Em virtude do atleta ter atendido as exigências impostas por esta entidade, neste ato consubstanciado no pedido de Desculpas realizado no dia 04/12/2016 em coletiva de imprensa do UFC em Las Vegas, conforme verifica-se na internet / redes sociais, aplica-se a atenuante prevista para reduzir a pena em definitivo para seis meses de suspensão e multa no valor de R$ 45 mil”, consta no ofício.

Com a nova decisão, Nelson poderá estar de volta aos octógonos a partir de março de 2017. Carismático,  o veterano de 40 anos é um dos nomes favoritos do público dentro do UFC. No entanto, a fase não é das melhores, tanto que ele vem de uma sequência de apenas duas vitórias nas últimas cinco lutas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo