Esporte

Cerrone desafia Demian Maia e justifica: "Está no caminho do cinturão"

Steve Marcus/Getty Images
Cerrone quer Demian para continuar seu caminho rumo ao título Imagem: Steve Marcus/Getty Images

Ag. Fight

11/12/2016 08h00

Donald Cerrone deu mais um show dentro do octógono na madrugada deste domingo (11) na segunda luta mais aguardada do UFC 206, disputado em Toronto (Canadá). O Cowboy não tomou conhecimento do difícil Matt Brown e nocauteou o compatriota americano com um chute na cabeça no início do terceiro round. Mas, como de costume, o atual número cinco dos meio-médios (77 kg) não quer saber de descansar e já mira o seu próximo alvo.

E para Cerrone o nome certo a seguir é o de Demian Maia. Na entrevista coletiva após o evento, o Cowboy não teve dúvidas ao apontar o brasileiro como seu possível próximo oponente. Nada contra o especialista em jiu-jitsu, segundo o americano, mas é apenas uma questão de continuar sua caminhada rumo ao título.

"Se eu tivesse que escolher um seria Demian Maia, porque ele está no caminho para o cinturão. Se eu tiver que correr e escolher um para Denver, quem eles quiserem dar para mim", afirmou Cerrone, já pensando na possibilidade de atuar em janeiro, no card em Denver.

O americano também falou do encontro que teve com Dana White após encabeçar o movimento pela Associação de Lutadores de MMA (MMAAA, na sigla em inglês). Cerrone revelou que a conversa com o dirigente foi tranquila, mas que o carequinha deixou claro o seu descontentamento em ver o Cowboy liderando tal ação com outros atletas.

"Ele é um cara feliz e eu sou um cara feliz. Eu apenas falei sobre o que eu queria e ele sobre o que esperava de mim. Foi sempre em um bom lugar. Me lembrou quando você se mete em problema com seu pai e eles não brigam com você, eles simplesmente dizem o quão decepcionados estão. O que é pior. Ele fez isso comigo. Foi meio que um tapa na cara para ele. Acho que eu deveria avisá-lo onde eu estava me envolvendo. Mas é o que é e nós estamos numa boa agora", revelou.

Dana White já havia dito publicamente que a presença de Donald Cerrone na cúpula do MMAAA era surpreendente para ele, principalmente pelo fato de o dirigente ter apoiado bastante o atleta quando ele estava com problemas financeiros. O Cowboy, por sua vez, declarou que o apoio a Associação se deveu ao fato de ele acreditar que é preciso ter um esquema de aposentadoria para os lutadores.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo