Esporte

Gastelum quer voltar aos meio-médios, mas se oferece para Belfort no Brasil

Vaughn Ridley/Getty Images/AFP
Kelvin Gastelum (esq.) derrtou Tim Kennedy no UFC 206 Imagem: Vaughn Ridley/Getty Images/AFP

Ag. Fight

11/12/2016 10h00

Em uma das boas lutas do UFC 206, disputado neste sábado (10) em Toronto (Canadá), Kelvin Gastelum nocauteou Tim Kennedy no terceiro round e engatou sua segunda vitória seguida. Originalmente atleta da divisão dos meio-médios (77 kg), o americano de origem mexicana teve que subir de categoria para atuar neste card. E no que depender do atleta de 25 anos, pode sua próxima apresentação pode ser novamente nos médios (84 kg) diante um brasileiro.

Na coletiva de imprensa após o evento, Gastelum fez uma revelação interessante. De acordo com o americano, o Ultimate estaria buscando alguém para enfrentar Vitor Belfort no Brasil. E, caso isso seja verdade, ele está pronto para continuar nos médios e encarar o "Fenômeno".

"Se eles me oferecerem uma luta que me interesse nos 84 kg, não sei se permaneço aqui. Mas acho que nos 77 kg que está a minha categoria. Eu peguei essa luta como um favor ao UFC, porque eu sabia que eles precisavam de uma reposição ao Rashad Evans. Ouvi dizer que eles precisam de uma nova reposição no Brasil para lutar com o Vitor Belfort. Então, se eles quiserem isso, estou pronto para fazer novamente", afirmou o jovem atleta.

"Ouvi dizer que eles precisam de alguém para enfrentar o Belfort no Brasil. Não foi oferecido a mim, mas é algo que está na minha mente", completou.

Apesar de estar disposto a encarar Belfort nos médios, Gastelum garantiu que sua categoria ainda é a dos meio-médios. O americano acredita que precisa apenas manter um regime mais saudável no período em que está fora de competição para poder se manter nos 77 kg sem grandes problemas com a balanço – como já aconteceu diversas vezes no passado.

"A divisão dos 84 kg é uma opção, mas a minha envergadura e minha altura são desvantajosas. Esses caras têm uma grande vantagem diante de mim. Eu pego muito pesado fora do camp e esse é o meu problema. Tenho que me controlar para comer. Meu camp acaba sendo baseado apenas em cortar peso e não pode ser assim. Tenho que ter um estilo de vida melhor quando estou fora de camp", analisou.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo