Esporte

Faber sai em defesa de sua carreira antes da última luta pelo UFC

16/12/2016 16h21

 

Faber foi o recordista de defesas de cinturão no WEC - Diego Ribas

Faber foi o recordista de defesas de cinturão no WEC – Diego Ribas

Urijah Faber está longe de atravessar a melhor fase de sua carreira. Desde que chegou ao UFC, em março de 2011, o atleta já disputou quatro vezes o título da divisão peso-galo (61 kg) da organização e não venceu nenhuma. A má fase ofusca os tempos em que ‘The California Kid’ era tido como o melhor lutador de MMA peso-pena (66 kg) do mundo, quando foi campeão do WEC (extinto evento de artes marciais mistas). E isso parece incomodar o americano, que tratou de tentar defender seu legado em entrevista ao site ‘MMA Fighting’. O atleta de 37 anos afirmou que quem realmente entende do esporte sabe que ele já foi campeão mundial.

A justificativa de Faber é o fato de que o WEC, na época, reunia os melhores lutadores do mundo nas categorias peso-pena, peso-galo e peso-mosca (57 kg). O norte-americano inclusive apontou para o fato de que os atuais campeões dessas categorias no UFC  vieram do antigo evento. Segundo ele, possuir aquele cinturão na época lhe dava o status de melhor lutador até 66 kg do mundo.

“A verdade é que isso depende do quanto de conhecimento que você tem sobre o esporte. No tempo que o WEC era gerido pelo UFC, pelo Zuffa (ex-presidente da entidade), era a única organização que nos promovia na época. Quem sabe, sabe. Nós tivemos José Aldo, Jens Pulver, ‘Mighty Mouse’ (Demetrious Johnson), Dominick Cruz e Anthony Pettis. Esses caras todos foram campeões do WEC e do UFC. Sem sombra de dúvidas eu era o campeão mundial quando aquele era o cinturão de campeão mundial”, afirmou.

Enquanto foi campeão do evento, entre 2006 e 2008, o californiano quebrou o recorde de defesas de cinturão da organização com cinco vitórias. Hoje com 37 anos, Faber deverá fazer a sua última luta da carreira. Seu próximo combate será no UFC Sacramento, marcado para o próximo sábado (17) em seu estado natal (Califórnia, EUA), contra Brad Pickett pela divisão peso-galo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo