Esporte

Ex-parceiro de treino garante que beleza ajudou Faber a se popularizar no MMA

20/12/2016 09h00

Diego Ribas

Joseph Benavidez enalteceu a importância de Faber para o MMA – Diego Ribas

O clima de despedida tomou conta do UFC Sacramento, evento realizado no último sábado (17). Enquanto Urijah Faber se preparava para fazer sua última luta como profissional de MMA, amigos, ex-parceiros de treinos e até rivais se rendiam à importância do veterano ao esporte. E houve quem apontasse até a sua beleza como um dos fatores que o ajudaram a se tornar tão popular.

Ex-parceiro de treinos de Faber na academa Alpha Male, em Sacramento, Joseph Benavidez rasgou elogios ao amigo durante conversa com jornalistas nos bastidores do show. De acordo com ele, o veterano de 37 anos foi o primeiro atleta das divisões mais leves a se tornar um ídolo de fato entre os fãs do esporte.

“Ele foi o grande responsável por levar as divisões mais leves para o UFC. A melhor forma de explicar é a seguinte: ele foi o primeiro cara pequeno que as pessoas queriam ser igual. Ninguém quer ser igual a um baixinho. As pessoas querem sacanear e fazer graça. Mas ele foi o primeiro que as pessoas olharam e se impressionaram: ‘Aquele cara pode me enfiar a porrada e pegar a minha mulher’ (risos). Ele foi o primeiro baixinho a ser reconhecido dessa forma. Então, ele fez os caras mais leves terem um certo marketing. E claro, ele sempre teve talento e técnica também”, analisou elogiando a beleza do amigo.

Apesar de relembrar os bons momentos ao lado do ex-parceiro de treino, Benavidez descartou a possibilidade de retornar ao time de Sacramento. Treinando em tempo integral com Duane Ludwig, técnico de TJ Dillashaw e um dos pilares do racha ocorrido entre os membros da Alpha Male.

“Ainda é especial de qualquer maneira. É incrível poder rever todo mundo e passar um tempo com eles. Antigos companheiros de equipe ainda são amigos. Serei parte daquilo para sempre. E ser a última luta do Faber deixa tudo mais especial. Por tudo que ele fez por mim e por tudo o que passamos juntos. Acredito 100% que estou em um capítulo diferente da minha carreira agora e não sinto falta disso. Sinto falta de ver meus amigos todo dia. Mas na parte profissional, eu não sinto falta. Foi por isso que decidi sair”, finalizou.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo