Esporte

Aldo acusa McGregor de correr de revanche e chama irlandês de "duas caras"

AP Photo/John Locher
Imagem: AP Photo/John Locher

Ag. Fight

21/12/2016 11h59

José Aldo ainda não sabe contra quem e nem quando voltará ao octógono mais famoso do mundo, mas com certeza o nome de Conor McGregor ainda não saiu de sua cabeça. Em uma longa entrevista ao site MMA Fighting, o manauara falou bastante sobre seu sentimento em relação ao irlandês, revelou que não deve enfrentar Max Holloway em fevereiro e apontou uma possível disputa pelo cinturão interino da divisão dos leves (70 kg) para o primeiro semestre de 2017.

O brasileiro acusou McGregor de fugir de uma revanche com ele e novamente voltou a dizer que nunca considerou o rival um verdadeiro campeão dos penas (66 kg). Além disso, Aldo acusou o irlandês de ser “duas caras” por conta do seu comportamento com a imprensa e suas escolhas posteriores, nos bastidores do maior evento de MMA do mundo.

“Quando perdi para o Conor, ele deveria ter lutado a revanche comigo logo. Como sempre disse, um campeão é um cara que defende o título contra todos os desafiantes. Caras que correm de defesas de títulos não são campeões. Tudo o que o Conor fez foi bater o campeão, mas ele nunca fez o que ele deveria fazer para ser campeão. Ele nunca foi campeão dos penas”, afirmou Aldo.

“Ele é duas caras. Ele diz um monte de coisa para a imprensa, mas nos bastidores ele recusa lutas. Ele escolhe oponentes, ele escolhe eventos. Ele não está disposto a enfrentar desafiantes como um campeão deveria estar pronto. Isso não é um campeão verdadeiro. Ele passou um ano sem defender o cinturão, então a matemática não ajuda quando ele diz que foi campeão por menos de 12 meses. Ele não foi campeão. Nunca vi assim. Ele não é o campeão agora e eu nunca deixei de ser o campeão dos penas”, completou.

Agora tido como campeão linear dos penas, Aldo deveria voltar a lutar no dia 11 de fevereiro, nos EUA. No entanto, o brasileiro explicou que o duelo não deve mais acontecer porque Max Holloway, dono do título interino, não quer lutar nesta data.

“Essa luta estava marcada. Nos disseram que o UFC queria essa luta nessa data. Para nós, estava marcada. Foi me dito que o vencedor de Holloway x Anthony Pettis seria meu oponente no Brooklyn e eu tinha entendido que os dois foram informados do mesmo. Depois da luta, Holloway disse um monte de coisas diferentes . Ele está basicamente andando por aí e falando um monte de merda. Apenas quero dizer que sempre que fui perguntado pelo UFC eu nunca neguei lutas. Quando lutei com o Frankie Edgar a minha esposa estava grávida. Quando lutei com Chad Mendes também. Tinha muitas coisas acontecendo em família e isso nunca foi uma razão para eu não pegar lutas. Pergunte a qualquer um. Pergunte ao Sean Shelby (matchmaker do UFC)”, relembrou.

Por fim, Aldo fez uma revelação importante e bastante inesperada. De acordo com o manauara, o Ultimate estaria disposto a colocá-lo para lutar pelo cinturão interino da categoria dos leves. E esse duelo aconteceria no UFC 209, marcado para dia 4 de março, em Las Vegas. O brasileiro, no entanto, também disse que um dos lutadores a quem foi oferecida essa luta já recusou o desafio.

“A luta de Brooklyn não vai acontecer. Eu agora espero e acredito que vou lutar no começo de março. Acredito que eles vão anunciar em breve um título interino dos leves comigo. Eles estão tentando achar um oponente e, surpresa, pelo menos um deles já negou lutar comigo. Estou esperando para ver quem que eles vão achar. Eles disseram para eu não falar nada. Não vou dizer porque é uma surpresa. Um cara que a gente nunca achou que recusaria, porque o pai dele não acha que seria bom. Estou cansado de pessoas que recusam lutas”, encerrou.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo