Esporte

Holloway perde a linha, xinga e detona postura de José Aldo

Vaughn Ridley/Getty Images/AFP
Max Holloway está invicto há dez lutas dentro do UFC Imagem: Vaughn Ridley/Getty Images/AFP

Ag. Fight

21/12/2016 14h35

Nitidamente irritado com as recentes declarações de José Aldo, campeão linear peso-pena (66 kg) do UFC, Max Holloway, atual dono do cinturão interino da divisão, resolveu tirar a história a limpo. O brasileiro declarou que o havaiano estaria fugindo de um possível combate entre eles marcado para fevereiro de 2017, no Brooklyn (EUA), além de afirmar que seu adversário estaria usando uma lesão como desculpa. O americano não perdeu tempo para esclarecer o tema e aproveitar para detonar o manauara.

Holloway usou o cartel do brasileiro, que só lutou quatro vezes nos últimos três anos, como argumento. Em entrevista ao site FOX Sports, o havaiano revelou que já se ofereceu inúmeras vezes para enfrentar Aldo, e que ele fugiu de todas. Blessed ainda aproveitou para afirmar que o discurso do campeão linear sobre nunca ter negado lutas é contraditório, e que ele próprio é a prova disso.

“Esse filho da p*** é o último que deveria falar de lesões ou sobre estar apto a lutar. Ele gosta de dizer que nunca negou uma luta e que não escolhe oponente. Eu me ofereci para enfrentá-lo nos UFC’s 205 e 206 e ele não quis. Ele disse que preferiria enfrentar Anthony Pettis e depois também não aceitou essa luta. Eu nunca neguei uma luta na minha vida. Eu tenho mais vitórias nessa sequência de 10 seguidas do que ele em toda carreira no UFC. Esse cara precisa se acalmar. Ele é estupido, posso usar as palavras dele contra si próprio”, afirmou.

Inconformado com a insinuação do brasileiro, de que ele estaria usando uma possível contusão como pretexto para fugir da luta, Holloway fez questão de explicar a gravidade de sua lesão. O havaiano garantiu que teria aceitado a luta se não fosse o inchaço percebido no calcanhar logo após o combate contra Anthony Pettis, o que deve afastá-lo dos octógonos por cerca de seis semanas. Com apenas 25 anos, o campeão interino demonstrou  lamentar profundamente o problema no pé.

“Eu não sei porque diabos ele está fazendo isso, dizendo que eu sabia antes da luta (contra Pettis) que o enfrentaria. Eu não sabia disso antes da luta. Na manhã seguinte depois da luta eu acordei e meu calcanhar estava inchado como uma perna de elefante. Eu prontamente comuniquei ao UFC e eu não sei porque eles não divulgaram isso. Fui ao médico assim que pude e descobri que não poderei fazer nada por seis semanas. Eu acho que ele está me insultando e abrindo a boca, mas no final das contas se não fosse essa lesão eu chutaria aquela bunda dele qualquer dia. Eu lutaria amanhã”, disse o americano.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo