Esporte

Joanna se recusa a apontar favorita entre Amanda Nunes e Ronda Rousey

23/12/2016 12h25

Joanna Jedrzejczyk é companheira de treinos na academia American Top Team - Diego Ribas

Joanna Jedrzejczyk é companheira de treinos da brasileira na ATT – Diego Ribas

Considerada por grande parte da mídia e dos fãs de MMA como a atleta feminina mais dominante do UFC no momento, Joanna Jedrzejczyk, atual campeã peso-palha (52 kg) da organização, foi questionada sobre a luta principal do show 207, marcado para o dia 30 de dezembro em Las Vegas (EUA). O combate em questão será entre a brasileira Amanda Nunes, dona do cinturão dos galos (61 kg), e Ronda Rousey, ex-campeã da divisão. Parceira de treinos da baiana na ATT (American Top Team), a polonesa preferiu em cima do muro sobre quem é a favoritae revelou sua admiração pela americana.

Joanna e Ronda foram por algum tempo as únicas donas dos cinturões de suas respectivas categorias dentro da organização, após defenderem seguidamente seus títulos com sucesso. Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, a polonesa revelou que criou laços com a americana durante esse período, e que por isso não consegue tomar partido e torcer apenas pela companheira de academia.

“Eu não gosto de fazer previsões sobre ninguém. Claro que eu sou parceira de time de Amanda Nunes, mas meu relacionamento com Ronda Rousey é mais longo. Ela merece lutar pelo título de forma direta mesmo após perder para Holly Holm. Já faz um tempo, mais de um ano, que ela está fora de competição. Mas eu estou muito feliz por ela. Eu estou muito feliz por Ronda. Eu estou feliz pela Amanda porque ela vai poder defender seu título contra uma das melhores atletas de todos os tempos”, disse a campeã.

Após garantir que ficará em cima do muro na luta principal do UFC 207, Joanna preferiu apenas analisar o que espera do combate. A polonesa, que já defendeu seu cinturão quatro vezes desde que chegou ao evento, apontou as qualidades de ambas e garantiu que assistirá ao combate.

“Eu acho que será uma luta muito difícil para as duas, mas ambas são muito, muito fortes. Não apenas fisicamente, mas mentalmente também. Eu não faço ideia de quem ganhará essa luta, mas sei que estarei assistindo”, encerrou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo