Esporte

Nova adversária de Gabi Garcia tem 18 anos a menos; brasileira ignora polêmicas

23/12/2016 14h05

Gabi é nove vezes campeã mundial de jiu-jitsu na faixa preta - Erik Engelhart

Gabi é nove vezes campeã mundial de jiu-jitsu na faixa preta – Erik Engelhart

Com pouco mais de uma semana de antecedência para o Rizin World Grand-Prix 2016: Final Round, que acontece em 31 de dezembro, no Japão, finalmente foi definida a adversária de Gabi Garcia. Campeã mundial de jiu-jitsu nove vezes, a gaúcha, que a princípio enfrentaria Shinobu Kandori, agora medirá forças com a também japonesa Yumiko Hotta. No entanto, mesmo com a mudança, as polêmicas sobre a diferença de peso, altura e idade continuam.

A substituta tem 18 anos a mais e aproximadamente 23 quilos a menos, o que causou críticas e dúvidas sobre o equilíbrio do combate entre fãs e especialistas das artes marciais mistas. Após o anúncio da alteração, a brasileira demonstrou não se importar com as controvérsias e revelou apenas seguir as ordens do torneio.

Gabi postou uma foto do anúncio do novo combate em sua conta no Instagram. Também na rede social, a gaúcha demonstrou surpresa com a notícia da lesão de Kandori. Ela também fez questão de deixar clara sua posição como funcionária da organização, além de garantir continuar animada para o show, que será realizado no lendário ginásio Saitama Super Arena.

“Não tenho nada a declarar. Somente fiz meu trabalho, baixei meu peso e minha adversária (Shinobu Kandori) se machuca e cinco dias antes eu troco de adversária. Não sou a dona do evento e nem caso as lutas. Sigo o que meu patrão decide, e meu trabalho é estar pronta dentro do ringue. Nada muda, felicidade, alegria, Saitama (ginásio) lotado, pessoas que eu amo comigo e um amor enorme em lutar no japão”, escreveu.

Gabi aproveitou para lembrar que o presidente do Rizin  e seu patrão, Nobuyuki Sakakibara, também foi um dos fundadores do Pride. O extinto evento de MMA foi responsável por revelar alguns dos principais nomes da história do esporte.

“Se eu não acreditar no meu patrão que fez lendas como Wanderlei (Silva), Anderson (Silva), (Maurício) Shogun, (Ricardo) Arona, (Kazushi) Sakuraba, (Rodrigo) Minotauro, (Rogério) Minotouro, entre outros. Vou acreditar em quem? Sou empregada do entretenimento. Uns gostam e outros não. Respeito e seguimos em busca de mais uma vitória”, declarou em sua conta na rede social.

Gabi Garcia soma três vitórias em três lutas de MMA na carreira. Yumiko Hotta, por sua vez, tem cartel de cinco triunfos e quatro reveses.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo