Esporte

Arrependido, treinador de Jones diz: "Não o guiamos da maneira adequada"

Steve Marcus / AFP
Imagem: Steve Marcus / AFP

Ag. Fight

25/12/2016 17h00

 

Considerado por muitos especialistas e fãs de MMA como um dos maiores lutadores de todos os tempos, Jon Jones se envolveu em inúmeros problemas recentes. O último foi o resultado positivo de seu exame antidoping há alguns dias da luta marcada contra Daniel Cormier no UFC 200, realizado em julho deste ano. Antigo dono do cinturão dos meio-pesados (93 kg), ‘Bones’ foi suspenso e só estará liberado para voltar a competir em julho de 2017. No entanto, o norte-americano não parece estar sozinho nessa. Um de seus treinadores assumiu parte da culpa por seus incidentes e garantiu que o pupilo não tentou trapacear.

Em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’, Mike Winkeljohn, um dos treinadores de Jones junto com Greg Jackson e Brandon Gibson, demonstrou acreditar ter parcela de culpa sobre o recente fracasso do antigo melhor atleta peso-por-peso do mundo. ‘Wink’ também admitiu não concordar com a maneira que a mídia noticiou os acontecimentos.

“Tiveram muitos momentos decepcionantes de Jones no passado. E isso, de certa forma, tem responsabilidade nossa, que não o guiamos da maneira adequada. Mas, na última vez, foi apenas uma infantilidade. Ele não estava trapaceando nem nada do tipo, e não sei porque a mídia propagou isso dessa forma. Ele simplesmente não tem sido esperto o suficiente e acho que estão o crucificando em virtude de seus problemas passados”, contou.

Sem lutar desde abril deste ano, quando venceu Ovince St. Preux no UFC 197, Jon Jones ainda é considerado por muitos o melhor lutador de MMA da atualidade, inclusive por seu treinador. Mike Winkeljohn garantiu que o único adversário de seu pupilo é ele mesmo e afirmou que Bones é imbatível dentro do octógono. Com previsão de volta para julho de 2017, o ‘coach’ contou que será mais duro com o lutador.

“Eu penso nisso, sim. Eu acho que provavelmente deveria ter puxado mais a orelha dele ou esse tipo de coisa. Ele praticamente fez a própria cama, não há dúvidas sobre isso. Mas felizmente nós continuamos mantendo contato com ele, e acho que ele virou a página. Isso é basicamente o que sempre disse, ninguém pode vencer Jon Jones, apenas ele mesmo. Então isso não vai mudar, mas provavelmente serei um pouco mais duro com ele”, revelou.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo