Esporte

Dana White explica porque abriu exceção para Ronda evitar imprensa

29/12/2016 12h51

Ronda Rousey enfrentará Amanda Nunes no UFC 207 - Erik Engelhart

Ronda Rousey enfrentará Amanda Nunes no UFC 207 – Erik Engelhart

Faltando poucos dias para o UFC 207 – evento que será realizado na próxima sexta-feira (30) em Las Vegas (EUA) -, a ausência de Ronda Rousey, que enfrentará Amanda Nunes na luta principal do show, nos encontros com a mídia chamou a atenção do público. Mas para tudo existe uma explicação e o presidente do Ultimate, Dana White, tratou de esclarecer o ‘sumiço’ da ex-campeã na programação com a imprensa.

Durante uma conversa com jornalistas em media day realizado na última quarta-feira (28) em Las Vegas, Dana revelou que Ronda pediu para não participar dos eventos com a mídia na semana do UFC 207 e que ele aceitou. De acordo com o presidente, ‘Rowdy’ já fez muito pelo esporte e pelo Ultimate e merecia ter esse pedido atendido.

“A Ronda já deu para esse esporte mais que qualquer um… Se você analisar a quantidade de eventos com a mídia que cada lutador do UFC já fez na história, a Ronda supera qualquer um por muito. E essa foi a forma que ela quis fazer isso. A única coisa que importa para ela nesse momento é estar focada para vencer essa luta. Ela fez muito por essa companhia, assim como o Conor, e eu dei isso para ela”, declarou, antes de lembrar que a judoca participou normalmente de todos os eventos com a mídia até a semana da luta.

“Eu tenho que lidar com tantos lutadores diferentes, com personalidades diferentes e seus egos… Você não pode faltar uma coletiva de imprensa. A Ronda me pediu isso. Desde o dia que essa luta foi acertada, ela concordou em fazer os eventos com a mídia, foi para todos os talk shows, etc. Mas ela queria que fosse desse jeito e eu disse ‘ok'”, afirmou.

Apesar da ‘regalia’ dada a ex-campeã, Dana fez questão de deixar claro que esse foi um caso único, com uma atleta que muito contribuiu dentro da companhia: “Essa certamente não é a situação ideal, mas foi o que ela me pediu. Antigamente, a Ronda literalmente faria qualquer coisa que a gente pedisse. E se algum dos caras não fizesse, ela assumia a responsabilidade e fazia. Então para ela me pedir algo assim, como posso dizer não? Ela já fez muito”.

Último evento do Ultimate no ano de 2016, o UFC 207 promoverá duas defesas de cinturão. Além do duelo entre Amanda Nunes e Ronda Rousey pelos pesos-galos (61 kg), Dominick Cruz e Cody Garbrandt se enfrentarão pelo título da mesma categoria de peso masculina.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo