Esporte

Cyborg rebate Dana White e culpa nutricionista do UFC por problema de saúde

Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images
Imagem: Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

29/12/2016 08h00

 

Dana White roubou a cena na última quarta-feira (28) durante o media day realizado para a semana do UFC 207, evento programado para esta sexta-feira. Em conversa franca com jornalistas, o cartola cornetou publicamente alguns atletas e, dentre eles, a brasileira Cris ‘Cyborg’ foi citada. Ela, no entanto, não tardou em responder.

Enquanto respondia sobre os mais variados assuntos de acordo com a demanda dos jornalistas, Dana acusou a brasileira de recusar duas lutas: contra Holly Holm e Germaine de Randamie, atletas que se enfrentam pelo cinturão inaugural dos pesos-penas (66 kg) do UFC em fevereiro de 2017.

“Eu achei que foi estranho quando ela começou a negar lutas. Nós criamos a categoria de 66 kg e ela continuou negando lutas. Primeiro ela disse que não poderia lutar em oito semanas e depois que não poderia em 11 semanas. Se ela estava com problemas de saúde tão graves, ela deveria ter nos avisado. Quando ela continou negando lutas e isso tudo veio à tona, eu não fiquei surpreso. Começou a fazer mais sentido”, provocou o presidente do UFC, apontando para o flagra no exame antidoping da atleta como a real razão pelas repetidas negativas em aceitar duelos.

Contrariada com a declaração do dirigente, a brasileira aceitou conversar rapidamente com a reportagem da Ag. Fight e rebateu suas declarações. Garantindo não ter escondido nenhuma informação importante a quem de direito, a lutadora ainda terminou por culpar o nutricionista George Lockhart, com quem trabalhava até sua última luta.

“Em breve tudo será resolvido. Tenho todos os meus exames, também tenho o meu documentário, vídeos… Nunca escondi nada. Logo após a luta, cancelei todas minhas entrevistas e deixei claro em minhas declarações que estava com problemas em minha saúde. Tudo o que está conhecendo são consequências do meu corte de peso e do meu trabalho com o George Lockheart”, narrou.

Vale lembrar que George trabalha com alguns atletas da organização, como Conor McGregor, por indicação do próprio UFC. No entanto, no último camp de Cris, em setembro passado, ele e a brasileira protagonizaram desentendimento motivado pelo uso de pílulas anticoncepcionais que estariam atrapalhando no processo de corte de peso.

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo