Esporte

John Lineker revela estratégia para bater Dillashaw no UFC 207

30/12/2016 14h00

Diego Ribas

John Lineker encara TJ Dillashaw nesta sexta-feira – Diego Ribas

John Lineker terá pela frente o maior desafio de sua carreira nesta sexta-feira (30), no UFC 207, em Las Vegas (EUA). Diante do ex-campeão TJ Dillashaw, o peso-galo (61 kg) brasileiro luta por uma chance de, em caso de vitória, garantir uma chance de disputar o cinturão da categoria. E confiante como sempre, ele parece já ter encontrado o caminho para superar o rival.

De acordo com seu relato durante conversa com a reportagem da Ag. Fight, a velocidade e movimentação do adversário devem tornar ainda mais difícil a tarefa de acertá-lo no rosto. No entanto, dono de socos potentes com as duas mãos. o paranaense não faz mistério e garante já ter em mente o plano para frear o ímpeto do oponente.

“Eu acho que ele vai se movimentar bastante no octógono para tentar fugir dos meu golpes. Mas eu quero atrair ele para o meu jogo e não vou correr atrás dele como fiz na luta contra o John Dodson. Vou tentar de tudo para fazer ele cair no meu jogo e não eu no dele. O buraco é tentar caçar ele na linha cintura e não procurar muito a cabeça. Ele se movimenta muito, e muito rápido. Então acho que essa é a brecha que eu tenho que buscar. Atacar e minar a linha de cintura. Deixar a luta correr, ir soltando os golpes até que algum encaixe”, narrou em conversa com a reportagem da Ag. Fight em Las Vegas.

No entanto, apesar da confiança do brasileiro e da importância do confronto – TJ e Lineker são, respectivamente, os números um e dois do ranking oficial do evento -, Dana White, presidente do UFC, garantiu que o vencedor da luta não recebe automaticamente o direito de disputar o título. O que não parece abalar o ‘Mão de Pedra’.

“Isso não me surpreendeu e nem me desmotivou a lutar contra o TJ porque com certeza uma boa performance contra ele me dá mais chances de disputar o cinturão. Eu imaginava que vencendo já iria disputar o título em seguida, mas isso não atrapalhou em nada o meu pensamento na luta contra o TJ”, prometeu.

Já de olho no cinturão dos galos, Lineker não perdeu a oportunidade de palpitar sobre quem deve vencer a disputa do título entre o campeão Dominick Cruz e o desafiante Cody Garbrandt. E, ao que parece, o desejo de enfrentar rivai de maior relevância pesou em sua escolha.

“Eu preferia lutar contra o Dominick Cruz pelo fato dele já ter uma história como campeão. O Cody é um excelente lutador, um forte candidato, mas acredito que ele tem dois rounds para vencer o Cruz. Se não conseguir a vitória nos dois primeiros assaltos, o Cruz vai atropelar ele”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo