Esporte

Cris 'Cyborg' treina com hijab em apoio às mulheres muçulmanas; veja

03/01/2017 21h01

Cris ‘Cyborg’ segue no aguardo do julgamento sobre o flagra no exame antidoping que pode afastá-la das competições por até dois anos. Mas, enquanto isso, ela dá continuidade ao ‘Pink Belt’, sistema de treinamento em que ela ministra aulas apenas para mulheres. E para reforçar a ideia de empoderamento feminino que ela faz questão de levantar, a peso-pena (66 kg) treinou com um hijab.

Em um video divulgado em suas redes sociais, a brasileira aparece com o véu islâmico na cabeça em sinal de respeito a todos as religiões, como ela mesma mencionou, como forma de garantir a igualdade de tratamento a todas que possam vir a fazer parte das suas sessões de treinamento.

“Uma das razões para eu começar o Pink Belt Fitness foi porque eu vi que precisamos de uma unidade entre as mulheres de todas as religiões, idades e culturas de uma forma que elas possam empoderar umas às outras e motivá-las a alcançar mais. Sou católica, mas eu estou usando um hijab, um símbolo de humildade e proteção usado por muitas mulheres em todo o mundo. O hijab não é anti-América, ou terrorismo. Fico triste por esses erros de julgamentos desses que perderam um pedaço da cultura”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo