Esporte

No Facebook, primeiro algoz de José Aldo reclama de minissérie da Globo

Acervo Pessoal
Luciano Azevedo foi o primeiro a vencer José Aldo Imagem: Acervo Pessoal

Ag. Fight

08/01/2017 11h56

Durante a semana que se passou, a TV Globo exibiu a minissérie ‘Aldo – Mais forte que o Mundo’, que é baseado no filme com o mesmo nome. A trama relata a história de vida de José Aldo, atual campeão dos penas (66 kg)

Um dos que não gostou foi Luciano Azevedo, primeiro atleta a derrotar o manauara em uma luta de MMA. O duelo aconteceu em 2005, no Jungle Fight 5, e Aldo foi finalizado no segundo round. No entanto, de acordo com o vitorioso daquela noite, a minissérie não retrata com fidelidade o que ocorreu naquele combate.

“Estou muito surpreso pela forma que minha luta com ele é retratada. Naquela noite ele estava bem. A única diferença é que não fiz o jogo dele. Não considero tê-lo vencido por distração, como disseram que acontece no filme. Venci por ter conseguido encaixar meu jogo, que é a luta de solo. Tampouco ele me bate da forma que mostra no filme. Consegui desempenhar com excelência o que me propus, vencê-lo por finalização. Tanto não 'apanhei', que minha cara saiu limpa e em uma semana após a luta, já estava lutando na Inglaterra, inclusive com vitória por finalização”, afirmou Azevedo através de um post no Facebook.

Depois da derrota para Luciano Azevedo, Aldo se tornaria campeão do extinto WEC e do UFC. O manauara só foi perder novamente em 2015, quando foi nocauteado por Conor McGregor. Essas foram as duas únicas derrotas do brasileiro em sua carreira.

Confira na íntegra o depoimento de Luciano Azevedo sobre a minissérie da Globo:

Apesar deste filme sobre o José Aldo ter saído há um tempo, não havia me interessado em assistir. Assim como também não assisti à série da Globo. Mas estou muito surpreso pela forma que minha luta com ele é retratada. Naquela noite ele estava bem. A única diferença é que não fiz o jogo dele. Não considero tê-lo vencido por distração, como disseram que acontece no filme.

Venci por ter conseguido encaixar meu jogo, que é a luta de solo. Tampouco ele me bate da forma que mostra no filme. Consegui desempenhar com excelência o que me propus, vencê-lo por finalização. Tanto não 'apanhei', que minha cara saiu limpa e em uma semana após a luta, já estava lutando na Inglaterra, inclusive com vitória por finalização.

Os únicos golpes dele que realmente entraram foram os chutes baixos. E a luta acabou no segundo round, não no terceiro, como dizem que aparece no filme. O que o filme não mostra, que se ele não tivesse escapulido pra fora do ringue no primeiro round, a single leg que já tinha colocado ele pra baixo, precederia uma perfeita finalização.

É importante destacar que em momento nenhum na luta ele me quedou. Há outros momentos nesta luta que a ficção retrata de uma forma ruim e até mesmo não relata, esconde, mas o YouTube está aí pra quem quiser acessar. Contudo continuo torcendo por ele, assim como torço por todos os brasileiros no MMA“.

Quer receber notícias de MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo