Esporte

Ex-rival defende Ronda e condena 'brincadeiras' sobre suicídio

Mark J. Terrill/AP Photo
Cat Zingano em sua luta contra Ronda Rousey Imagem: Mark J. Terrill/AP Photo

Ag. Fight

14/01/2017 08h00

 

Atual sexta colocada no ranking da categoria peso-galo (61 kg) do Ultimate, Cat Zingano demonstrou ter acompanhado atentamente a repercussão da derrota de Ronda Rousey, ex-campeã da divisão, para a brasileira Amanda Nunes no UFC 207. A lutadora desaprovou as críticas feitas à medalhista olímpica e questionou quem menciona os pensamentos suicidas da loira em tom de brincadeira. ‘Alpha’ apontou para a seriedade da doença, e revelou se sentir como uma protetora da judoca.

De acordo com Zingano, em entrevista concedida ao site ‘MMA Fighting’, Ronda demonstrou muita força quando comentou ter pensado em suicídio e garantiu que quem brinca com a situação não sabe a gravidade da doença – drama que foi vivido pela atleta quando seu ex-marido Maurício, também lutador de jiu-jitsu, faleceu anos atrás.

“ Foi forte o suficiente para admitir que tinha pensamentos suicidas. Quem é a pessoa que senta lá e zomba de alguém por isso? Quem pensam que são para chamar alguém de fraco ou algo do tipo? É por isso que os suicídios aumentaram dez vezes nas últimas duas décadas. Obviamente é algo com o que me relaciono e é uma coisa que Ronda se relaciona. Pessoas da família dela já cometeram suicidio. É comprovado cientificamente que isso aumenta o risco dela. Isso é estatístico. É incrível a reação que ela teve, e isso faz eu me sentir ainda mais protetora dela”, narrou.

Após analisar as consequências da repercussão da derrota, Zingano fez questão de demonstrar o desejo de que Ronda, atleta para quem perdeu sua invencibilidade no MMA, se recupere logo. E, assim como ela, que sacudiu a poeira após ser derrotada no octógono, a judoca tem talento e condições para voltar ao topo e, quem sabe, protagonizar uma revanche no UFC.

“Quero que ela supere isso. Em um mundo perfeito, pelo menos no que isso se parece para mim, eu encontrarei o caminho de volta para cinturão. Mesmo que seja a Amanda ou qualquer outra eu não me importo. Se for a Ronda, eu não sei… Eu quero enfrentar Ronda pelo cinturão de novo. Para mim seria uma honra”, finalizou.

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo