Esporte

Ex-promessa do MMA americano é preso por assédio sexual

Divulgação/Strikeforce
Imagem: Divulgação/Strikeforce

Ag. Fight

19/01/2017 15h21

 

O peso-pesado americano Brett Rogers chegou a ter uma carreira promissora no MMA quando, ainda em 2009, acumulava um cartel invicto em dez apresentações até ser escalado para enfrentar o russo Fedor

Depois de fazer sua última luta em dezembro de 2015, quando já acumulava diversas acusações, prisões e processos por violência doméstica e brigas, Brett Charles Rogers desapareceu dos treinos e dos noticiários, até que no dia 11 de janeiro foi preso na cidade de St. Paul, no estado americano de Minnesota, após duas acusações de assédio sexual.

A informação, divulgada em primeira mão pelo site TwinCities.com e confirmada na manhã desta quinta-feira (19) pela reportagem da Ag. Fight colocava o veterano de 35 anos agora com três acusações de quinto grau, como denominada pela lei local.

De acordo com o registro policial, Brett foi notificado como morador de rua e preso por acusações de molestar sexualmente dois homens em diferentes ocasiões. O terceiro delito, de acordo com o departamento ‘County District Court’ foi cometido contra um companheiro de cela.

Ainda pelos registros do departamento policial, não existe estimativa de quando seu caso será julgado e até tal definição ela segue aguardando o andamento do processo na delegacia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo