Esporte

Tito Ortiz finaliza Sonnen no 1º round em sua despedida do MMA

Divulgação
Imagem: Divulgação

Ag. Fight

22/01/2017 06h12

 

A madrugada deste domingo (22) foi especial para um dos maiores nomes da história do MMA internacional. Aos 41 anos de idade, o norte-americano Tito Ortiz fez a sua 32ª e última luta da carreira ao derrotar por finalização o compatriota Chael Sonnen no duelo principal do Bellator 170, disputado em Inglewood, na Califórnia (EUA).

Ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC e agora encerrando a carreira com um cartel composto por 19 vitórias, 12 derrotas e um empate, Ortiz protagonizou uma verdadeira guerra de palavras com o falastrão Sonnen antes do duelo. No entanto, dentro do cage as ações duraram apenas pouco mais de dois minutos.

Instantes antes do início da luta, o veterano atleta conhecido como o ‘Campeão do Povo’ cantou emocionado o hino dos Estados Unidos. Com poucos segundos de combate, Tito Ortiz já buscou levar a luta para baixo visando encaixar seu poderoso ground and pound. Nessa tentativa, o ex-campeão do UFC deixou o pescoço exposto e Sonnen por pouco não encaixou uma guilhotina.

Na sequência, Tito escapou da posição favorável ao adversário e começou a aplicar algumas cotoveladas. Incomodado, Sonnen tentou se livrar de qualquer jeito do momento ruim para ele e acabou dando as costas para o rival, que aplicou um mata-leão. O golpe não parecia perfeitamente encaixado, mas a força aplicada por Ortiz fez Sonnen bater em desistência. O veterano ainda demorou alguns segundos para aliviar a pressão e teve que ser separado pelo árbitro ‘Big’ John McCarthy.

Demi Lovato na plateia

Quem também roubou a cena fora do cage foi a cantora e atriz norte-americana Demi Lovato. Ela esteve no evento para acompanhar o seu namorado brasileiro Guilherme ‘Bomba’, que venceu John Mercurio por nocaute no segundo round. A estrela demonstrou empolgação na plateia e vibrou com a apresentação do brasuca.

demi lovato

Demi Lovato vibra com vitória do seu namorado no Bellator – Reprodução/Twitter

Além de Bomba, Chinzo Machida, irmão mais velho de Lyoto Machida, venceu Jamar Ocampo por nocaute no fim do terceiro round. Foi a quinta vitória na curta carreira do atleta de 39 anos, que também conta com duas derrotas.

CARD PRINCIPAL

Tito Ortiz venceu Chael Sonnen por finalização no primeiro round;
Paul Daley venceu Brennan Ward por nocaute no primeiro round;
Hisaki Kato venceu Ralek Gracie por decisão unânime dos juízes laterais;
Emmanuel Sanchez venceu Georgi Karakhanyan por decisão unânime dos juízes laterais;
Derek Campos venceu Derek Anderson por decisão unânime dos juízes laterais.

CARD PRELIMINAR

Chinzo Machida venceu Jamar Ocampo por nocaute no terceiro round;
Jack May venceu Dave Cryer por nocaute no primeiro round;
Henry Corrales venceu Cody Bollinger por nocaute no terceiro round;
A luta entre Kevin Casey Keith Berry terminou em empate por decisão majoritária;
Guilherme ‘Bomba’ venceu John Mercurio por nocaute no segundo round;
Jalin Turner venceu Gabriel Green por nocaute no primeiro round;
Daniel Rodriguez venceu Christian Gonzalez por nocaute no segundo round;
Alex Soto venceu Demarcus Brown por decisão unânime dos juízes laterais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo