Esporte

Nurmagomedov explica motivos para recusa, mas diz que "esmagaria" Zé Aldo

AP Photo/Julio Cortez
Khabib Nurmagomedov segue invicto no MMA profissional, e já acumula 24 vitórias seguidas Imagem: AP Photo/Julio Cortez

Ag. Fight

24/01/2017 07h00

Detentor da incrível sequência de 24 vitórias seguidas no MMA e atual primeiro colocado no ranking peso leve (70 kg) do Ultimate, Khabib Nurmagomedov terá a chance de conquistar o cinturão da organização no próximo dia 4 de março, quando enfrentará Tony Ferguson pelo título interino da divisão. No entanto, ainda que já esteja com adversário definido, as especulações uma luta com José Aldo – campeão peso pena (66 kg) do UFC que o desafiou – ainda estão em alta. E quando questionado sobre o brasileiro, o russo descartou qualquer possibilidade do duelo acontecer, chamou o "Campeão do Povo" de baixinho e fez questão de garantir que o esmagaria.

Aos 28 anos e invicto como profissional, o lutador de 1,77 m também deixou claro que seu foco está no cinturão – e um combate com José Aldo, de 1,70 m, atrasaria seus planos. Em recente entrevista à reportagem da Ag Fight durante evento para promoção do UFC 209 realizado em Las Vegas (EUA), o russo apontou para o fato de querer evitar qualquer confronto que não o ajude a chegar perto da disputa do título. Afinal, caso vença o combate contra Ferguson, ele garante o posto de próximo da fila para enfrentar Conor McGregor, atual campeão da divisão com quem teria a chance de unificar as cintas.

“Isso é impossível. Por que eu o enfrentaria? É claro que eu o esmagaria. Ele é um cara baixinho. Eu tenho o Tony, o Conor, por que enfrentaria outros caras? Levaria tempo demais, mas se ele quiser posso enfrentá-lo. Antes disso preciso pegar o Tony pelo interino. O UFC me perguntou se eu queria lutar pelo cinturão interino, e eu disse sim. Eu não quero caras baixos com José Aldo e outros, quero atletas de alto nível. Porque se eu bater no José, assim como se eu bater no Daniel Cormier, as pessoas continuarão perguntando do Tony”, afirmou.

Após analisar a expectativa para a disputa do cinturão contra o americano, Khabib fez questão de garantir que não se sente pressionado para o duelo. O russo admitiu não ter nenhum problema pessoal contra Ferguson, mas cravou que o vencerá independentemente do que seja necessário fazer no cage – assim como fez com os oito oponentes que enfrentou desde que chegou ao UFC, em 2012.

“Não tenho nada contra ele. Talvez ele tenha algo contra mim, não sei. Estou relaxado, confortável, e quando a jaula fechar irei esmagá-lo. Quero que ele sinta minha força, quero pressioná-lo e finalizá-lo. Isso é o que eu quero, quebrar a cara dele. Isso é o que fiz durante toda minha vida. Luto no UFC, lutei na Rússia contra caras duros e quando a jaula fecha não é nada pessoal, apenas quero finalizá-lo.   Me dê ele, vou acabar com sua sequência invicta e depois não existirão mais adversários”, afirmou.

Caso realmente vença Tony Ferguson, Khabib Nurmagomedov enfrentará o campeão linear Conor McGregor, maior estrela do UFC na atualidade. O russo não perdeu tempo em garantir que não considera o irlandês um dos melhores entre os leves, e apontou para o fato do falastrão não ter enfrentado nenhum atleta de alto nível na categoria - visto que antes de vencer Eddie Alvarez e se sagrar dono do cinturão, o irlandês fez apenas duas lutas fora dos penas, quando acumulou uma derrota e uma vitória contra Nate Diaz.

“Ele perdeu para o Diaz e na segunda foi uma luta muito apertada. Depois venceu o Alvarez. Seu recorde é de duas ou três vitórias seguidas no UFC. Ele nunca enfrentou os melhores no peso leve. Essa é minha opinião. Não lutou contra o Tony, contra mim, o Barboza, lutadores de alto nível. Mas ok, ele é o campeão, o que podemos fazer? Na próxima luta ele enfrentará o Tony ou eu.  Não penso nele, penso no cinturão de verdade. Eu não dou a mínima para ele. Todos querem enfrentá-lo, fazer dinheiro, e esse não é meu objetivo. Vim para o UFC enfrentar atletas de alto nível e me tornar o campeão peso leve. Esse é o meu objetivo”, analisou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo