Esporte

Weidman manda recado a Mousasi: "Vou fazê-lo entrar em pânico"

Gary A. Vasquez/USA Today Sports
Weidman vem de derrota por nocaute para Yoel Romero Imagem: Gary A. Vasquez/USA Today Sports

Ag. Fight

26/01/2017 11h01

Chris Weidman e Gegard Mousasi farão uma das lutas mais aguardadas do UFC 210, programado para dia 8 de abril, em Nova York (EUA). O duelo entre, respectivamente, o número quatro e número cinco do ranking dos médios (84 kg) pode definir ou deixar bem encaminhado quem será o próximo desafiante ao cinturão da categoria. E parece que é só nisso que o ex-detentor do título pensa.

Vindo de derrotas para Luke Rockhold e Yoel Romero, Weidman pisou pela última vez no octógono em novembro do ano passado. E ele não esconde a obsessão por voltar a deter a cinta que hoje pertence a Michael Bisping. Tanto que o ex-campeão deixou claro que ainda confia muito no seu lado mental e que sua ideia sempre foi encarar algum competidor que lhe desse a chance de voltar ao topo o quanto antes.

“Eu quero pegar aquele cinturão de volta e lutar com os caras mais duros da divisão é o caminho para fazer isso. Eu não levo aquela derrota e penso: ‘Eu preciso bater em algum cara que não está no meu nível para ter minha confiança de volta’. Eu sei exatamente o que eu diz errado naquela luta e o que preciso fazer de diferente, então eu não tenho que lutar com nenhum desses caras para elevar minha confiança. Estou tão confiante quanto eu era. Sinto que o Mousasi é uma luta boa para eu voltar ao caminho das vitórias e ficar perto de lutar pelo cinturão de novo”, disse em entrevista ao programa ‘MMA Hour’.

Weidman aproveitou para analisar o estilo do seu oponente. De acordo com o americano, o mais impressionante em Mousasi é a calma para lidar com situações adversas. No entanto, não é assim que o ex-campeão imagina que o iraniano ficará ao enfrentá-lo no UFC 210.

“O que ele traz é que ele é um cara experiente e luta como um cara experiente. Ele fica calmo em todas as situações, mas eu vou fazer ele entrar em pânico quando ele lutar comigo. Eu realmente sinto que é uma luta boa. Dou respeito a ele, acho que é um cara duro e espero uma luta dura, mas acho que é uma grande luta para mim”, garantiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo