Esporte

McGregor desafia UFC e promete luta de um bilhão de dólares com Mayweather

Reprodução
Conor McGregor garantiu que enfrentará Mayweather no boxe Imagem: Reprodução

Ag. Fight

29/01/2017 06h00

Conor McGregor vive um momento único. No ápice de sua forma física e dono das maiores marcas de venda de pay-per-view da história do MMA, o irlandês parece disposto a comprar uma briga de níveis inimagináveis para fazer o duelo contra Floyd Mayweather sair do papel. Nem que para isso ele precise desafiar Dana White e os donos do UFC.

Em entrevista concedida em Manchester (Inglaterra) no último sábado (28) – comandada pelo canadense Ariel Helwani e com direito a transmissão nos EUA via pay-per-view -, Conor desfilou mais uma vez seu discurso ácido e provocativo, o que levou o público presente à loucura. E para isso, ele prometeu a marca inédita de promover um confronto de 1 bilhão de dólares (cerca de R$ 3,3 bilhões).

“Estamos chegando lá. Estamos chegando lá. Antes de tudo, é como: ‘Está acontecendo’. Agora temos uma oferta na mesa”, afirmou se referindo à proposta de 25 milhões de dólares para cada lutador feita por Dana White. “Ainda não chegamos lá. Mas se Manny Pacquiao e Floyd Mayweather fizeram meio bilhão, acredito que essa, entre dois esportes, algo nunca feito antes, será a primeira luta de um bilhão de dólares”.

A quantia parece irreal. No entanto, caso a disputa entre os maiores vendedores de pay-per-view do boxe e do MMA saia do papel, a certeza de sucesso de promoção é óbvia. E, curiosamente, o irlandês garantiu ter dado um passos importante em direção a este caminho. Na mesma entrevista, ele revelou que, assim como Mayweather, abriu a sua própria empresa de promoção esportiva.

“Acredito com 100% que a próxima vez que eu pisar em uma arena de combate será em um ringue de cordas e usando luvas de oito ou dez onças. Eu não sinto que vou enfrentar nenhum desses idiotas do UFC agora. Ele precisam crescer.  Temos a Mayweather Promotions, temos o UFC e agora temos a McGregor Promotions, e nós estamos misturados. Ninguém é meu chefe. Sei que o Floyd gosta de dizer que o Dana é meu chefe, mas ninguém decide por mim. Se eles deixam pessoas lutarem jiu-jitsu, eles não podem me impedir de lutar boxe”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo