Esporte

Aldo perde a linha e xinga McGregor ao vivo em transmissão de evento

30/01/2017 11h52

Aldo não se segurou ao falar de uma possível luta com McGregor - Reprodução

Aldo não se segurou ao falar de uma possível luta com McGregor – Reprodução

Sem saber quando voltará a atuar pelo maior torneio de MMA do mundo, José Aldo foi presença ilustre no Shooto 69, realizado na noite do último domingo (29), no Rio de Janeiro. O manauara esteve acompanhado os duelos do torneio que é realizado por Dedé Pederneiras, seu treinador, e não fugiu das perguntas sobre seu futuro e, claro, Conor McGregor.

Durante a transmissão ao vivo do evento, Aldo foi entrevistado pelo canal Combate. Sem papas na língua, o campeão dos penas (66 kg) do UFC procurou deixar claro que não está nem aí para o futuro de Conor McGregor, que ultimamente tem feito campanha para realizar um duelo de boxe com Floyd Mayweather.

“Tomara que o Conor tome bem no olho do “uc” dele, isso que é importante pra mim, estou pouco me lixando para ele. Já falei que ele é um merda, então pra mim o que ele faça ou deixe de fazer, não estou nem aí, me preocupo comigo. Estou treinando, quero defender meu cinturão, quero voar voos mais altos, e quanto ao resto, para mim é resto, pouco me importa o que ele faça ou deixe de fazer, o problema é dele”, afirmou o brasileiro.

José Aldo também fez uma previsão de quando voltará ao octógono. Apenas aguardando a definição do seu adversário e sem atuar desde julho de 2016, quando venceu Frankie Edgar, o manauara prevê uma nova luta para próximo da metade do ano.

“Agora estou parado. Só estou jogando futevôlei e futebol, mas eu sei que já já estarei de volta. Só estou esperando eles mandarem a mensagem para mim para voltar a manter a forma e treinamento. Geralmente continuo treinando, mas não focado em nada. Estamos na torcida. Não quero ficar muito tempo sem lutar. Lutei em julho do ano passado, mas já estou louco para lutar. Tentei lutar em janeiro e não deu, tentei em fevereiro e não deu, tentei em março… Se Deus quiser, até maio ou abril estarei lutando”, concluiu.

José Aldo possui um cartel com 26 vitórias e apenas duas derrotas. Aos 30 anos, o manauara só perdeu para Conor McGregor no UFC. Foi em dezembro de 2015, quando ele foi nocauteado em apenas 13 segundos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo